O Serrador (Parte 3)

24 de Abril de 2014 EMILIO SANCHEZ Contos 782

 Michael interpelou  Thiago: -A cada erro cometido,eles nos levam a um dos capangas e cortam nossa língua. -Putz,que crueldade!Thiago falou. -É assim,aqui o sistema é bruto! -E como é que irei acertar,sendo que não possuo nenhuma experiencia nisso? -Ah,você tem que levar consigo a sorte. Thiago pediu a Deus para que tudo desse certo.******************************************************************************************************* Enquanto isso,João,Maria e eu estávamos fazendo planos para descobrir onde Thiago estava. -Bem como vamos fazer para encontrar Thiago?Falei. -Temos que olhar bem quem e quantos são,pois,óbvio que por trás dessa rua deve ter uma quadrilha fortemente armada.Disse  João parecendo que já sabia do que tinha acontecido. -O que temos que levar então?Disse Maria. -Bem,temos que comprar armas de fogo.Disse João. -Mas ninguém sabe manusear uma arma de fogo.Disse Maria. -Mas vai saber utilizar na hora do desespero neh!.Disse João reclamando da inocência de Maria. Passada mais uma noite,lá pelas 23hrs novamente,fomos naquela rua macabra onde tudo poderia acontecer,para averiguar mais detalhes da possibilidade de achar Thiago ainda vivo.  Bati ,na mesma casa onde Vívian tinha desconversado sobre tudo aquilo que para nós poderia ser considerado uma "chacina diária".Vivían me atendeu de forma conturbada: -O que foi menino?Disse Vívian. -Eu sei que você sabe o que anda acontecendo nessa rua toda suja de sangue. -É Isaac, dê provas então! Olhei por todo corpo pra ver se tinha pistas até que vi uma certa mancha parecida com graxa e perguntei-a: -O que significa isso? -O quê?Disse Vívian assustada. -Essa graxa aee.Algo está errado,no quê você estava mexendo já que mulher quase nenhuma nessa região mexe  com graxa! -Isaac você está desafiando a fazer coisa que eu não quero! -O quê?Na mesma hora  ela sacou uma arma dentro do seu sutiã que escondia e apontou na minha cabeça e falou severamente:  -Quer morrer agora,Isaac? -Não,não! -Então saia da minha casa,antes que eu lhe mate e não volte nunca mais!Disse Vívian. João e Maria ,estavam buscando informações na vizinhança toda daquela rua,mas ninguém pode dar informações cabíveis à nossa procura incessante,onde logo depois de toda procura deles,dei um toque para irem ao meu encontro. -Nada,nada,nada,nenhuma pista encontrada.Disse João. -A mesma coisa eu lhe digo.Disse Maria. -E você,Isaac,algum sinal? -Sim. -Então conte neh!Disse Maria. -Bem,falei com uma moradora chamada Vívian,pela qual me  respondeu na noite antepassada,na qual desconversou tudo,porém,quando pressionei para ela falar onde estava meu amigo,ela simplesmente apontou uma arma em minha cabeça e pediu para que eu saísse de lá pois,senão eu iria morrer. -Mas você também estava armado,porque não mirou na cabeça dela?Disse João. -Porque não iria dar tempo,eu,tinha que preparar uma estratégia. -Você é muito burro,Isaac,era sua chance.Disse João -Tenho um outro plano. -Vamos ver que "plano"se é bom mesmo.Disse Maria. -Sabe os explosivos utilizados na Primavera Árabe e na Faixa de Gaza? -Sim,sim.Disse João. -Pois então,marcaremos explosivos por volta daquela casa e além do mais jogaremos explosivos na chaminé. -Ah sim,entendi!Gostei do teu plano,mas é arriscado!Disse Maria receosa. -Arriscado porque?Aquela moradora quase nunca sai,e minha intenção principal é matá-la para que nã haja nenhum problema,eu acredito que ela seja informante do bando. -Que bando?Disse Maria. -Pense bem,óbvio que o Thiago não foi pego por apenas uma pessoa,há mais pessoas nessa tramóia toda. -Ah,entendi!Disse Maria.**************************************************************************************************** Thiago tinha pedido a Deus mentalmente,para que seus amigos o achassem ,cujo fato principal era resolver essa situação que na qual estava insustentável,tanto para ele,quanto para Michael e todos que estavam naquela mina úmida e cheia de buracos correndo o risco de qualquer chuva que ocorresse fossem soterrados. O serrador,no entanto,percebendo o cansaço de todos os seus serviçais(nós),mandou-nos recolher para nossa cama(que na qual mais parecia cova)dizendo: -Boa noite,inúteis! Michael me perguntou: -Estáis preparado para o desafio daqui a 9 dias? -Não,não,mas Deus está comigo e ele vai me ajudar a acertar  naquela roda giratória. -Ah beleza!O importante é estar concentrado que tudo irá dar certo. -Calcule o tempo certo na hora de lançar a faça.Aconselhou Michael. Thiago ,antes de dormir perguntou: -Vamos fazer uma rebelião?*************************************************************************************************************************************** 

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
NA REBORDOSA há 1 hora

NA REBORDOSA Acordo e já começa a girar tudo... Olhos cerrados contra...
ricardoc Sonetos 4


PLEONÁSTICO n°2 há 21 horas

PLEONÁSTICO n°2 Encarasse de frente, não soslaio... Talvez, olhos no...
ricardoc Sonetos 4


ANTIFACISTA há 23 horas

ANTIFACISTA De irrestível apelo aquela união De fortes se fazendo 'in...
ricardoc Sonetos 5


A rua me aceita como sou há 1 dia

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 79


Não seja superficial há 1 dia

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 91


"Dia do amor" há 1 dia

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 14