O Serrador (FINAL)

24 de Abril de 2014 EMILIO SANCHEZ Contos 835

Para acessar as outras partes acesse:
Parte 4
Parte 3
Parte 2
Parte 1

 -Nossa é mesmo,mas,peraí!Disse João.

 -Peraí o quê?Disse Maria.

-Temos que nos prevenir,vamos lançar outra estratégia.Disse João;

 -Qual?Eu tinha dito.

 -Pense,Romdéz e sua gangue é óbvio que iriam desconfiar que nós seriam o intruso é óbvio que a chachina contra nós seria inevitável.

 -Bem pensado.Disse Maria.

 -Isaac,chame a polícia caso dê problema com a gangue,chame o nosso comandante Alcântara para vir conosco.

 O comandante Alcântara,era o nosso amigo fiel,que sempre nos auxiliou diante as brigas que sempre metíamos e também ajudava caso estavámos precisando de dinheiro,ele tinha também uma ligação forte com Cia e Interpol.Buscando esse princípio,chamamos ele,já que na cidade onde morávamos tinha um posto de preparação militar,onde sempre que podia dava as coordenadas para os principiantes que desejassem ser um tenente,militar ou até mesmo um general.

 Explicamos a situação em que estávamos,e,ele cuidadosamente avisou a Interpol e a Cia,para agir quando fosse necessário.

Abrimos aquela passagem secreta,e até que um certo  momento vimos uma mina.

 -Deve ser aqui!Disse João.

 Só que antes de abrir a porta na qual víamos a mina,possuía 2 capangas de Romdéz controlando a entrada e a ´saída do seu patrão e de seu amigo Heron.

 Ao nos ver apontaram as armas  para nós e eu falei de súbito:

 -Romdéz tinha nos chamado!Eu disse.

 -Quem são vocês?Quais são seus nomes?

 -Delfrám Rompeo Vergasoba,Mírian Dolpeto e González Morrión.

 -Espere aí,vou ligar pra Romdéz para averiguar se isso que nos disseram é verdade.

 Eu,João e Maria estávamos fazendo uma parede humana,para que nosso amigo,comandante Alcantâra,viesse rastejando para que não fosse pego,é nós embromando os dois comparsas do serrador. 

Quando viram o nosso comandante,tentaram atirar nele,porém,pegamos nossas armase apontamos para eles,e,fuzilamos.

 Depois de entrar na mina,vimos a dimensão que era.

Espantado eu disse:

 -Poxa,dá para se perder aqui!

 -É mesmo,vamos ficar todos juntos!Disse Maria.

 Percebemos os prisioneiros que ali estavam,e,decidimos fazer uma reunião super rápida para acertar o próximo plano para acabarmos com Romdéz.

 A conversa foi até surpreendente,pois,o comandante Alcântara trocou de roupa com João,para que João servisse de isca e Romdéz ser confudido já que João e Alcantâra possuíam o mesmo tamanho.

 Não muito distante dali,percebemos a ação central de tudo que ali era feito,aquele trabalho escravo que ninguém merecia e que os milhares de prisioneiros que ali viviam  mereciam mais uma chance de dignidade e ar livre que há muito tempo não estavam tendo.

 O comandante Alcantâra foi até o Serrador na qual estava comendo sossegadamente.

 -Olá inútil!Disse Romdéz.

 -Estava precisando de mais um pouco de comida.

 -Ah,sua ração não foi suficiente?Vai morrer de fome!kkkk, disse Romdéz.

 -Ok.

 Em passos de tartaruga João foi chegando perto,perto,perto até que rapidamente utilizou um pano úmido com éter na qual

O Serrador rapidamente sentiu efeito e caiu no chão.

Sem perder tempo, o comandante chamou mais reforços do seu batalhão e amarramos Romdéz,onde logo após levamos ele para a prisão.

 João pegou o microfone e falou: 

-Quero que vocês façam o seguinte serviço agora.

 Todos se perguntando qual serviço que iriam fazer a mais,já que estavam montando para a gincana que iria começar em 5 dias .

 João,apenas competou: 

-Quero que vocês vão para fora dessa mina imunda aquirir sua liberdade!

  Todos contentes,principalmente Thiago o mais contente de todos falou:

 -Eu sabia que poderia contar com meus amigos!Disse Thiago.

 -Como é que poderia desconfiar de você,Thiago,já estava desconfiando de você!Disse Michael.

 Ao ver eu,João e Maria apenas disse emocionado:

 -Obrigado!

 Michael meio desolado, estava saindo  para pegar suas coisas deixadas naquela mina até que...

 -Ah...é... quero apresentar meu mais novo amigo,Michael! 

-Olá!DIssemos rapidamente.

 O comandante disse:

 -Quero que todos compareçam na cabine central para explicar uma coisa a vocês todos ,agora!

 Ao chegarem,mesmo entupidos e amassados compareceram alegres apenas escutando o que ele iria falar.

 -Quero número,o telefone e a rua de cada um de vocês!

 -Para que?Disse uma menina morta de fome,devido aos maltratos que O Serrador e sua gangue fazia caso desobedesse algum ordem imposta por eles.

 -Vocês todos irão comparecer ao júri,para que O Serrador seja acusado! 

-Ah!Entendi! 

A maioria conforme nós prevíamos,todos abraçaram  o comandante,eu,João e Maria para quais chamaram-nos de "ídolos da salvação".

 Enquanto isso,na cadeia,Romdéz batia desesperadamente nas celas,na parede para ver se alguém o atendesse,até que apareceu Maria.

 -Ô moça linda,por favor chame meu advogado,para fazer um habeas corpus!

 Maria apenas cuspiu na cara dele e disse:

 -Você só responde no júri tribunal.

 -Menina metida,puta,safada,cachorra,você vai ver!Romdéz perdendo a paciencia por não ter o que queria,um advogado.

Passados 5 meses da prisão para Romdéz,finalmente chegou o dia do julgamento. 

Todos nós apreensivos eu,Thiago,João e Maria,um por um foi chamado,até chegar Thiago onde muito emocionado explicou tim tim por tim cada atrocidade que faziam naquela mina,o que os capangas também faziam com eles caso contrariassem o que O Serrador determinava fazer. 

Logo um por um ouvido,na qual durou este julgamento durante 3 semanas,devido a quantidade de prisioneiros que haviam naquela mina.Romdéz foi condenado à prisão perpétua em Massachuchets,nos EUA.

 A Interpol interviu  e prendeu todo o bando de todos os países que era do grupo que o Serrador tinha e a Cia também pegou todas as pessoas que nos EUA tinham alguma interferencia que faziam parte de Romdéz e de Heron.

 Ao todo prenderam 1790 pessoas,e um dinheiro em caixa estimado movimentando cerca de 3,8 bilhões por ano,na qual descobriram uma casa avaliada em uma área nobre de Hamburgo de 1,1milhão ,3 lotes espalhados na França e 2 carros de luxo ,na qual,Rondéz desviava o dinheiro nas Ilhas Canaã(território pertencente da França)para não ser pego no leão,ou seja,no IR.

 Eu,Thiago,João,Maria fomos reconhecidos mundiamente como Garotos de Ouro,recebemos vários prêmios pela coragem de entrar nesse esquema sujo e desmascarar cada pessoa que ali servia ao Serrador.


Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
LUTA ARMADA há 20 horas

LUTA ARMADA Aqueles tidos como imprescindíveis Pelo afã de lutar toda...
ricardoc Sonetos 5


Paz Celestial há 1 dia

Paz na alma é muito mais Do que paz de mente... pois passa desta par...
kuryos Artigos 13


Poema Rosa Para um Dia de Sol há 2 dias

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 61


Poema Suado há 2 dias

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 50


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 2 dias

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 22


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 2 dias

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 16