CORISCO

08 de Março de 2012 UALISSON CANGACEIRO Cordel 3472

Em Mantinha de Agua branca nasceu Cristino,
mais aquele menino não sabia
qual seria o seu destino.
Destino esse que já tava traçado,
e pra história do Cangaço
pra sempre será lembrado.

Cristino menino só brincava,
Cristino rapaz já trabalhava,
Cristino pro Exercito entrava,
e em tão pouco tempo desertava.
Mais ele logo foi encontrado
foi preso foi torturado,
pelas mãos de Herculano
que na época era Delegado.

Herculano de uma coisa não imaginava,
é que naquele momento
o contrato com a morte ele assinava.

Sua vida no crime começou,
quando numa briga um rapaz
Cristino matou,
e pra vida do crime ele entrou.
não tinha outra saida
resolveu apressar os passos
descidindo procurar um novo espaço,
resolveu se entregar no sub mundo cruel do Cangaço,

A Lampião Cristino foi apresentado,
e depois da primeira batalha
seu nome foi mudado.

Batizado proximo as aguas do velho chico,
assim morria Cristino
assim nascia Corisco.
Surgia o mais cruel dos cangaceiro,
pois quem em seus calos pisavam
com suas proprias vidas pagavam.

Sem duvida o mais cruel e agreste
não terá sem duvida a salvação divina,
e nem mesmo a piedade celeste.

Nas veredas do sertão encontrou Herculano,
que suplicou sua vida
gritando insano,
mais não teria como escapar
e com sua propria vida
iria Herculano pagar.
Com requintes de crueldade
Herculano foi sangrado,
retiraram seu couro
e numa arvore seu corpo foi pendurado.

Nesse tempo de vida na caatinga
corisco encontrou,
uma menina e por ela se apaixonou
e do seio de sua familia
ele a retirou.
O ódio que a jovem tinha por corisco
aos poucos transformava,
em uma história de amor
que nas entranhas do cangaço começava.

Lampião,um grupo a corisco foi confiado
pois pelo chefe ele sempre foi admirado
agora ele da as ordens depois de ser comandado.

De repente a triste noticia tinha chegado
feito vento rasteiro,
de que as volantes tinham matado
Lampião, Maria Bonita e mais novecangaceiro.

E Corisco endiabrado,
enfrentou uma volante,
nesse encontro sanguinario e horripilante,
vingou Lampião seu antigo comandante.
e ao delegado foi enviado
um lembrete destacado,
tome essas cabeças
Lampião está vingado.

O fim do cangaço estava chegando
Corisco começava a perder seu bando,
varios cangaceiros anistiados
estavam as autoridades se entregando.
Depois de baleado em combate
os braços não tinham mais movimento,
restou corisco se entregar
contra seu contentamento.
Mais antes de se entregar
uma nova e cruel emboscada,
de um tal jose Rufino que com sua tropa armada,
matou Corisco e ferindo sua amada.
assim teve o fim do cangaço no sertão,
tempo de conflitos,morte e traição,
mais tambêm de valentia,lealdade e paixão.


Leia também
"A felicidade" há 5 horas

A beleza de um jardim nao depende do tamanho das flores, mas sim da varie...
joaodasneves Pensamentos 7


"A decadência" há 8 horas

Numa decadência sem fim. não paro de cair. Esta tudo muito escuro aqui,...
joaodasneves Poesias 11


"A Parede" há 8 horas

Esta parede que nos separa Tem que cair, assim falaremos de ti de mim Olh...
joaodasneves Pensamentos 7


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P4 há 18 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Mensagens 9


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P3 há 18 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 9


John Owen - Hebreus 1 – Verso 3 – P2 há 18 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8