Todo fruto de aversão ao PT vem da experiência pessoal e isso não é a realidade do Brasil em geral. Existem várias realidades neste país, mas há quem só enxergam as delas e assim atacam sem argumentos válidos e fundamentados. 

Se vc tem um pc com internet em casa, ou seu pai conseguiu comprar o carro "popular" que ele tanto queria, isso sim é mudança. Mas é mudança para a maioria, ou seja, para os pobres e no Brasil há uma subjetividade cruel e desumana em acreditar na meritocracia esquecendo-se que o nosso "queridinho" país foi o "mais" ou um dos mais que escravizaram os negros no mundo, fortalecendo sua desigualdade por ódio, prazer e preguiça. 

Aqueles que veem ex-escravos comprando carro (Isso msm! Ex-escravos! Pois é dessa ideologia que o Brasil vive) frequentando shopping há uma sensação de "perigo" e de "superioridade" atacada vinda de uma classe chamada média, que msm obtendo conhecimento nas universidades continuam a pensar que num país onde escravos foram "jogados" nas ruas sem direito a nada, tende a lucrar com a meritocracia. 

Então temos uma polícia para "limpar" essa sujeira chamada "negros", temos o Estado que não regulariza o comércio da maconha, mas libera na Alfandega e deixe que os envolvidos neste trabalho bastante organizado morram nas periferias e nas cadeias. Esse envolvidos são grande maioria negros, de classe pobre, com péssimas referências em casa. É mt prazeroso atacar o governo ou o partido de base dele qnd se tem em casa uma tv lcd, um smartphone, uma boa roupa de marca ou come lasanha enquanto assiste seu seriado americano preferido. Se esquecendo que no Brasil existem milhares de pessoas sobrevivendo abaixo da linha da pobreza. 

Então é fácil atacar o Bolsa Família, o Bolsa tudo que td mundo gosta de criticar esquecendo que a sua realidade não é a única e desculpe se o governo não está priorizando o governo para a sua classe, pois ele, o governo petista, tem como prioridade a erradicação da pobreza no Brasil. Desculpe defender um governo que olha mais para os que nada têm amanhã ao contrário de nós, que sabemos o que temos para comer até o fim do mês. E lembrando o PT prioriza e não esquece as outras classes, isso no mínimo é discurso de ignorante, de gnt preguiçosa que não busca se informar e ataca o PT com raivinha infantiloide, típica de uma criança pirracenta. E lembrando, não sou petista, sou coerente com os fatos. É só buscar as informações nas fontes certas, coisa que hj em dia ngm anda fazendo né? Querem criticar, saibam! Querem argumentar, saibam! E lembrem-se amanhã uma pessoa vai morrer por não ter o que comer e a gnt está aqui discutindo esta estupidez. 

Mesmo na era da internet, da geração Google ainda somos servos da Sagrada Ignorância que paralisa a mentalidade dessa nação. É preciso mais gnt, mais informação qualificada e filtrada. Ler uma frase e compartilhar não é ter senso crítico é ter senso de rebanho e disso o Brasil não precisa, pois dessa situação ele já vive.