Te amo gata

 Embora todas as previdencias

Nossas audiencias

Nossas divergencias

Entendemos todos os nossos lábios

Nossa cabeça,que ao longe se vai um sentimento embriagado

Que não chega a estar exaltado

 Que chegar a ser alimentado

 Por nossos queridos desejos

 Que nos comovem

Olho para o céu

E vejo as estrelas flutuando

 Gata birrenta

 Dizendo eu sei

Aquela má vontade que não dá raiva

 Mostra que o amor também não é perfeito

 E quando no meio do nada diz

Eu quero você só pra mim

 Delírios que só uma gata que amo tanto

Poderia me dar ao luxo de tê-la

 Como presença da minha vida

Em um universo particular

No qual só existe duas coisas

Essa gata a qual convivo

E a desestruturação que me apronta quando sua marra começa.

Te amo gata!