Carta aberta aos babacas de plantão

11 de Julho de 2014 Rob Santos Crônicas 569

Eu nunca entendi qual é o lance
das cantadas. Não sou um grande fã, talvez por ser ruim com elas. Mas, também
me pergunto se existe alguma realmente boa.



As “cantadas de pedreiros” são de
uma cafonice sem fim. Elas mais denigrem do que elogiam. O que faz o cara
pensar que um “fiu fiu” o faz parecer mais atraente para a mulher? Ele realmente
acha que a garota vai ficar tão lisonjeada em ouvir um “gostosa”, que vai parar
ali e dar um cartão com o telefone escrito com bic preta? Francamente.



Outra parada que me deixa
encucado é a maneira de abordar as garotas nos bares, baladas, shows e etc. Se você
parar um pouco e começar a observar as abordagens dos homens, você realmente
perderá a fé na humanidade. Eu não sou um Dom Juan, nem chego perto disso e
muito menos tenho a intenção de ser um, mas sei que aquilo não vai funcionar só
de olhar. São necessários 5 minutos de “conversa” para que a minha conclusão
seja provada. Ele sai achando que ela era uma piranha mal amada e que deveria
estar em casa e vai tentar a sua abordagem na garota da mesa seguinte.



Ele chega, chama pra dançar e
tenta beijar ainda nos primeiros acordes da música que começou a tocar. Com a
recusa da moça, ele força a barra e tenta mais uma vez com mais força. Para ele,
a recusa é inaceitável. Para ele, é uma ofensa moral. Como ela não quer beijar
alguém como ele? Impossível aceitar isso.



Não, brother. Não se conquista
uma mulher só porque você está usando uma camisa da moda e/ou segura um copo de
uísque e uma lata de energético com a mesma mão. Uma mulher de verdade não quer
saber se seu perfume é importado ou quanto custou esse relógio vistoso que você
carrega no pulso. Ela não quer saber qual o seu carro ou quanto você ganha.



Ela quer ser cortejada de forma doce. Quer que você tenha um bom assunto para conversar quando o silêncio constrangedor pairar nas batatas fritas frias sobre a mesa. Quer que você respeite o tempo entre conhecer, se aproximar, ganhar admiração e partir para uma coisa mais palpável. Quer ir devagar, quer ir passo a passo. Nem todo mundo procura um caso de uma noite.



Uma mulher de verdade, meu caro,
só quer seu respeito. 



Leia também
UM GATO NO ESPELHO há 5 horas

Um gato, parado diante do espelho do quarto de sua dona, discutia com...
madalao Infantil 12


Tudo junto e misturado há 12 horas

Tudo junto. Misturado. Animado. Apaixonado. Completamente dado e entreg...
anjoeros Poesias 14


Quando senti vontade de amar... há 12 horas

Prefiro ser acusado de amar demais do que ser reconhecido por ser aquele q...
anjoeros Poesias 9


Meu café há 1 dia

UM CAFÉ SEMPRE CAI BEM...ANTES DO ALMOÇO,DEPOIS DELE... TE FAÇO UM CA...
anjoeros Poesias 14


Ao pé do ouvido há 1 dia

Vem cá, menina... Deixa eu te falar, bem lá dentro do teu ouvido, tudo ...
anjoeros Poesias 15


Poesia viva há 1 dia

AMO VOCÊ,MINHA POESIA VIVA... TRAZES NO CORPO AS ESCRITAS DA VIDA OS MOM...
anjoeros Poesias 12