já fico assustado quando leio alguns contos eróticos, escritos por homens, com protagonistas mulheres. tudo bem que é conto, e é pura fantasia e há escritores que conseguem, por meio da escrita, explicar uma relação sexual. mas cá entre nós, há escritores e ESCRITORES...

mas fico transtornado com a realidade. notícias em jornais que homens casados abusam de crianças e jovens (garotos ou garotas), tocando em suas partes íntimas ou até mesmo havendo penetração, é de ficar chocado. li hoje no jornal correiobraziliense.com.br a história de um médico, de 63 anos, casado, foi enconstrado morto em uma suíte em um motel, onde a suspeita do crime é uma garota de programa de 36 anos. o que faz um cara, dessa idade, com esse status e ainda casado, sair de casa num domingo para transar com uma mulher que não conhece, na profissão mais antiga do mundo? é o ou não é difícil de explicar?

mais outro mistério sobre nós, os homens: como um religioso, depois de passar a vida toda estudando sobre Deus e Jesus, pode abusar de crianças? e não é só padre não... há pastores e outros religiosos com nomes diferentes, pregando a palavra do Pai e ao mesmo tempo, praticando o mal, abusando de pessoas, sejam elas crianças ou adultas, seja fisicamente ou psicologicamente (ou vocês acham normal uma pessoa dar tudo o que conquistou durante sua vida, para uma igreja?).

existem pessoas ignorantes que ainda afirmam que "todos os homens são iguais". pura ignorância...

enfim, para mim, não existe essa história de "homem" ou "mulher", "rico" ou "pobre", "branco" ou "preto", "ateu" ou "religioso", o ser humano é complexo e complicado e levaremos talvez milênios, para que possamos nos corrigir e tentar chegar a um padrão alto de civilidade dentro de uma sociedade.