As paixões

09 de Fevereiro de 2012 wagner silveira Crônicas 752

As paixões são o sal da vida.Temperam vivamente nossas relações, mas também nos sobem a pressão e quase nos matam.
São o motivo de acordar cedo e ligar mais uma vez, como fizera ontem, para dizer o óbvio:Que ainda ama e ninguém ainda ameaçou sua tranqüilidade dada pela paixão.
As paixões são efêmeras, graças a Deus, ou passaríamos a vida inteira com aquele aperto no peito e aquela dor de barriga, sempre que víssemos a pessoa amada.Isso passa com o tempo.Tudo passa com o tempo.
Estar apaixonado é não ter medo do ridículo, é entrar em loja de roupa feminina, só pra comprar uma lingerie pra ela, a despeito de todos os sorrisinhos marotos, e até umas cantadas que está sujeito a levar por tamanha ousadia.
É ir ao estádio com ele, em dia de clássico, e nem reclamar quando lá do alto da geral, uma garrafinha cheia de mijo acertar em cheio sua nuca.Você está apaixonada, alheia a tudo e indestrutível.
As paixões envelhecem, acabam, e são substituídas.Dizem que pelo amor, que é mais forte e coisa e tal.Eu não acredito.Não passa pela minha cabeça enterrar minhas paixões.As sinto e as renovo a cada dia.
Estar apaixonado é olhar para a lua e perceber que ela não é só mais um pedaço de rocha cósmica, mas assim como os americanos, achar que existe algo mágico lá.É ver o entardecer de mãozinha dada no píer, e andar pela orla da praia como se o mundo pudesse acabar agora que eu não to nem aí.
É fazer questão de mostrar pra família a nova conquista, mesmo que seu irmão a ache feiosa, ou seu pai o ache um canalha.Você suplanta a tudo e a todos, mesmo que anos depois se dê conta de que eles estavam certíssimos.
As paixões são o que são e não mudam com o tempo.Nós mudamos com o tempo, e começamos a não se arriscar com elas.Preferimos a tal da segurança de um sério relacionamento, e passamos a chamar a pessoa amada de companheiro.
É nesse exato momento que as paixões costumam morrer.Não dá para se apaixonar por um companheiro.No máximo fundar um partido, ou sei lá.


Leia também
Mancha de Batom há 2 horas

Você se foi... Agora só resta a mancha de batom num copo, que me faz...
a_j_cardiais Poesias 42


Poesia Impura há 2 horas

Não deixe a poesia pura. Deixe um pouco de gordura e algum resquício de...
a_j_cardiais Poesias 38


REMEXENDO OS GUARDADOS há 15 horas

Entre as páginas amareladas Dum velho romance de amor Guardei a carta pe...
madalao Poesias 11


CLAMOR ( rondel) há 15 horas

Justiça! Vivo clamando aos quatro ventos. Silêncio! Porque resposta eu n...
madalao Rondel 6


OH HOMEM! (rondel) há 15 horas

Oh homem! Teus calores me agitam, E meu corpo fica em estado convulsivo. ...
madalao Poesias 7


E AGORA? (rondel) há 15 horas

E agora? Que podemos fazer? Remediar é coisa que não adianta. O mal f...
madalao Rondel 8