ESCREVER E COÇAR...

11 de Abril de 2012 A.J. Cardiais Crônicas 726

Tem uma peça de teatro cujo nome é: "Trair e Coçar, é Só Começar". Bem que eu gostaria que isso acontecesse com a escrita. Assim ó: Escrever e coçar, é só começar. Se bem que tem pessoas que a "coisa" acontece assim mesmo: Começou a escrever, termina. Comigo não... Eu sofro influências de várias maneiras. Se alguma coisa, ou alguém, interrompe o meu raciocínio, eu tenho que largar a escrita. E às vezes não adianta tentar recomeçar depois. Se eu tiver escrevendo com o radio ligado, e tocar uma musica que eu gosto, quase sempre entra alguma coisa da musica no texto. Eu preciso chegar com o texto praticamente pronto (na cabeça), para sentar e digitar. Caso contrário, ficar esperando que as palavras cheguem ou que o vento me sopre alguma coisa, a influência cai matando.

Este texto mesmo, já estava todo engatilhado para escrever... Mal eu sentei para digitá-lo e meu filho entrou no quarto me pedindo dinheiro. Pedir dinheiro para quem está duro, é dureza. E quando você diz que não tem e a pessoa fica insistindo, é pior ainda. Como é que eu posso ter estrutura para escrever alguma coisa que preste? Ainda bem que eu não escrevo por obrigação, como os cronistas de jornais. Já li varios deles colocando esta situação nas crônicas: A de ter que improvisar. Isso é bom porque transforma-se em um exercício. Mas não é a mesma coisa que "largar a alma" na escrita.

Mario de Andrade dizia que a crônica para ele, era uma válvula de escape. Era quando ele se distraia com a escrita, pois não tinha tantas preocupações com as normas, como nos outros tipos de textos. É justamente por esta "liberdade", que eu gosto de crônicas. Ela não nos cobra nada a não ser soltar a imaginação e escrever.
Apesar das interrupções (não foi uma só), dos olhares vagos no tempo e das buscas à ideia principal, eu consegui escrever alguma coisa. Talvez até eu possa dizer agora que: Escrever e coçar, é só começar.

A. J. Cardiais

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Obedecendo o Vento há 7 horas

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 26


"Verão na Europa" há 10 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 5


"Maria Emília" há 11 horas

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 7


"Sou" há 12 horas

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 7


"Livro sem letras" há 14 horas

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 8


Amor há 16 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 8