De não ter feito o que deveria, quando deveria. Pensar que iria das certo, mas quando vê o resultado, a decepção é total. Ficar pra próximo. Mas o pior não é esperar. O pior, é saber que você poderia ter feito diferente e não fez. Bastava um mínimo de esforço. Poderia ter feito valer o tempo. O desgaste. Seu e de seus familiares. Desgaste o qual foi grande. Tempo que por menor ou insignificante que tenha sido. Foi INÚTIL. Dias de chuva ou sol, frio ou calor. Sempre presente. Almoços corridos, para das tempo de voltar ao dever, mas chegar e confundir com brincadeira. Esquecer de trabalhar para brincar de ciranda. Como já dizia o poeta, o tempo não para. Uma coisa que precisa ser feita apenas uma vez na vida, não admite erros. Precisa ser impecável. E é isso que será feito. Chega de erros. Chega de desperdiçar o tempo. Chega.