Perto dos trinta

08 de Outubro de 2012 Victor Almeida Crônicas 633

E de repente você se dá conta que seus atos realmente têm consequências. Que seu desprendimento e forma de agir são determinantes em coisas importantes. Quando se está perto dos trinta parece que essas reflexões tomam corpo. As responsabilidades são o fio norteador de cada dia. Não há mais espaço para omissão e descaso. Chegar em casa de noitinha, sujo, depois do futebol na rua com os amigos, tomar banho e se deparar com a comidinha pronta já não existe mais.
O que existe é a vida amadurecendo, concretizando a plenitude do ser, sem mais espaço para atos inconsequentes, como apertar o interfone de uma casa qualquer e sair correndo.
Vamos colecionando cicatrizes; algumas feridas ainda abertas, cóleras, apêndices e histórias. Mas tudo tende a fortalecer o âmago, o pélago do ser humano.
Aí notamos que o que fazemos deixa marcas nos lugares, no tempo e nas pessoas. Aí notamos que a vida dá a carta branca, e o jogo só termina quando acaba.


Leia também
A dor fazia lembrar. há 9 horas

Eu lhe atribui tudo de muito vil... No mais absoluto reflexo e pensar. P...
elisergio Sonetos 15


Meu sonho de mulher há 11 horas

Você é o meu sonho de mulher meu pensamento que se tornou realidade.. C...
anjoeros Poesias 9


Um encontro,mil borboletas no estômago... há 11 horas

Te conheci um dia Sem grandes pretensões. Uma amizade,um momento E de r...
anjoeros Poesias 5


Morena,doce veneno há 11 horas

Morena,pequena. Doce veneno que não se pode guardar. Intensa e forte, ...
anjoeros Poesias 10


Amor na net há 18 horas

Hoje em dia,quem não está sempre ligado na net? Impossível não estar. N...
anjoeros Artigos 13


A mulher certa há 18 horas

ME RASGA TODO,ME MORDE, ME PÕE CONTRA A PAREDE E ME MOSTRA QUE EU ESCOLHI...
anjoeros Poesias 19