Gasto.

30 de Agosto de 2013 Trors Crônicas 562

Fui um andarilho perambulando numa linha reta nessa estrada que chamam de vida. Cansei de sempre andar reto. No lugar de enfrentar os obstáculos do caminho preferi fazer meu próprio caminho, fazendo minhas curvas. Acolhi a solidão como uma velha amiga e então decidimos andar juntos nessa trilha que construí. Após um tempo construindo meu próprio caminho percebi que partes de mim se desfaziam no caminho. Preferi deixar minhas partes ali mesmo. Afim de ver se alguém seguia minha trilha. Após um tempo quem me acolherá foi a escuridão. Não havia mais luz, ninguém além de nós três estava ali. Ninguém seguia meus rastros. Não havia mais esperanças. E foi ai que está maldita também me acolheu.


Leia também
Circunstâncias há 1 hora

Não quero me perder, procurando a perfeição... Ser perfeito em quê? ...
a_j_cardiais Sonetos 30


"A maldade" há 13 horas

De que me serve escrever, inventar, sonhar sem pensar No meu interior me a...
joaodasneves Poesias 7


"Não sei" há 20 horas

Hoje tenho vontade de rir Mas também tenho vontade de chorar Ja nem sei ...
joaodasneves Pensamentos 5


Domínio do Pecado ou da Graça há 2 dias

Se é impossível não pecar enquanto estivermos neste mundo, por que J...
kuryos Mensagens 16


Ventinho Delicado há 2 dias

Uma mulher passa com seu rebolado... Um ventinho delicado faz seu vestid...
a_j_cardiais Poesias 46


Mortos Vivos, Vivos Mortos há 2 dias

O que é viver? Tem gente que tem tudo, e não se sente feliz... Fica as...
a_j_cardiais Poesias 47