Os olhos?
Por mim o órgão mais esplendido do ser humano.
Herdado pelo meu avô, invejado por todos, cansado, escravo, amaldiçoado.
Ele simplesmente ver tudo e fala tudo, apenas com um olhar, você senti, ou ver o sentimento do seu próximo.
O único órgão que não podemos controlá-lo
Podemos mentir. Mas, ele sempre estará olhando para direita e esquerda para mostramos a nos a verdadeira face, Assim retiramos as escamas de nossas máscaras e verdadeiramente podemos assumir o falso Homem.
Na morte és o ultimo a morre, ele precisa ver quem o ferio para ter com ele sua vontade.
No amor és o primeiro a brilhar, depois vá ter com coração.
Na vida és o primeiro a chorar, para limpar a alma do jovem pecado.
No fogo és primeiro a se fechar! Por não querer-se queimar por pouca vida.
Assim será a sua plenitude aos finais de tarde sempre lagrimejar por ter sindo escolhido por Deus ao ver o por-do-sol , sempre ao Desejo de libertação divina ao fluxo de acordar , por novamente ser o primeiro a deleitar-se do que chamamos de vida.