Elísios

29 de Setembro de 2013 FKarvalho Crônicas 23

Passos pelo corredor estreito. Pensamentos de outra vida algo além da rotina. O medo, A angustia e o olhar triste que fazia de sua alma em partes que se espalhavam pelo caminho por onde passava. Havia a ausência e o gosto do que já foi bom. Hoje ela assume seu papel de rainha do drama e deita na cama com os pensamentos em outra vida. Sabia que a escolha refletiria em tudo e mesmo assim a fez. Arrancou a moralidade e as viceras sócias e jogou na cara de quem quisesse ver. “Ei te odeio, eu te amo, eu te ignoro.” Foi feito cortes na carne, marcado a ferro e fogo em sua Persona. Hoje aqui jás a senhora das vontades.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Poema Rosa Para um Dia de Sol há 7 horas

A Rosa Emília A Rosa que an...
a_j_cardiais Poesias 32


Poema Suado há 7 horas

Estou num deserto de inspiração... Nada passa por aqui... Nem ladrão. ...
a_j_cardiais Poesias 28


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 3 há 10 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 7


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 2 há 10 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 8


Hebreus 3 - Versículos 7 a 11 – P 1 há 10 horas

John Owen (1616-1683) Traduzido, Adaptado e Editado por Silvio Dutra ...
kuryos Artigos 6


""Ser deficiente, não é o final"" há 1 dia

Nos somos todos iguais, E ao mesmo tempo diferentes, Somos todos normais,...
joaodasneves Poesias 13