Com o Tempo Aprendi

24 de Outubro de 2013 Elias Lima Crônicas 1841

Com o tempo aprendi
Que eu não posso e não devo me negar para aprovar o desejo
do outro.
Que o outro não pode me comandar,
Que o outro não sente o que eu sinto.
E que o outro, maioria das vezes nem quer saber e nem se
importa com o meu cansaço, com a minha tristeza, com os meus fracassos.
Maioria das vezes eles nem sai de seus próprios lugares.
O outro é um objeto descartável e nada nele habita a não ser o que me interessa.

O tempo me falou
Que não adianta chorar, não adianta se desesperar, muitas coisas irão sair do nosso controle e o máximo que a gente pode fazer é esperar.
Como o mundo, as estações do ano e as mudanças da vida, tudo está em constante transição, então tudo vai passar.

Com o tempo aprendi
Que existe um lugar dentro de nós que ninguém pode entrar.
Ninguém pode nos tocar lá dentro. Muitas vezes é necessário se afastar de pessoas com energias negativas pois elas nada têm a nos acrescentar, a não ser mais energias pesadas em que maioria das  vezes desabamos por não podermos suportar.

Com o passar do tempo vi
Que estamos sujeitos a tudo: momentos difíceis, fatalidades, violência, morte, mudanças e crueldades. Mudanças no mundo e dentro de nós.
Tudo transita dentro de nós, como o mundo que se transforma o tempo todo.
Mudam pensamentos, posturas, atitudes, parceiros amorosos, convívio com a família.
Muda até a nossa perspectiva diante de nós mesmos e diante do mundo. Vemos então mais janelas se abrindo, vemos o futuro mais leve, vemos o mundo mais bonito e por vezes, mais sombrio.

Com o tempo aprendi
Que ser fiel a mim é o meu melhor mandamento em minha felicidade.
Que nada do que os outros pensam, imaginam e falam não me importa.
Eu me conheço, sei quem eu sou e minha consciência me basta.
Me basta a paz que tenho quando me deito no travesseiro à noite.

Com o tempo aprendi
Que se você não tiver pensamento próprio será sempre refém do pensamento do outro. Seja livre, não seja ignorante. Ajude o mundo a avançar em dignidade humana, pois não existe milagre divino aonde existe preguiça, hipocrisia, falta de força de vontade e comodismo.

O tempo soprou em meus ouvidos que as dores que eu vivi no passado pertence a ele. Não posso tomar para mim dores, traumas sofridos no passado e carregá-los no presente. O presente já me cansa por vezes, para quê acumular mais problemas?

O tempo me abraçou esses dias e me disse: “só o conhecimento e o autoconhecimento nos liberta. A luz está em saber e se esconder de seus medos só aumentará a escuridão que há dentro de você. Só a luz do conhecimento liberta.”

Com o tempo percebi
Que o meu rosto mudou, minha pele mudou, meu corpo está mudando. Sinto que estou cada vez mais próximo da minha Mãe Natureza e sei e tenho fé, que um dia voltarei a ela.

Hoje eu acordo e abro a janela e percebo que sou o céu, sou as nuvens, sou frio, sou o vento, sou o calor, sou a tempestade que chega sem avisar e sou o sol, sou a chuva que refresca o deserto, sou as estrelas que brilham sem cessar, sou o mar brilhando em noites de luar, sou a areia que caminha até as ondas para se refrescar, sou o bem-te-vi se alimentando da beleza da flor, sou a alegria da baiana vendendo o seu acarajé e sou a tristeza do menino que limpa o pára-brisa do carro no semáforo para tentar se alimentar.

Então com o tempo percebi
Eu sou a força do universo que nada contra a correnteza desses animais que insistem em devastar, queimar e destruir. E não quero fazer parte das sombras da vaidade.

Então o universo me abraçou e me disse “Agora você se encontrou e não vai mais se perder. Aqui comigo é o seu lugar.” E nunca mais me perdi.
Nunca mais.


Leia também
Amor de Primavera há menos de 1 hora

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 31


CICATRIZES há 5 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 4


" Amar é" há 16 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 9


PAU DE FITAS há 20 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 1 dia

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 45


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 1 dia

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8