Já era noite, estava sozinha em casa e não
havia nada para fazer. Fui até a varanda, sentei-me na antiga cadeira de
balanço, fui reparar o céu. Como estava estrelado, fazia tempo que não olhava
um pouco pra cima, não admirava o nosso universo. Fiquei um bom tempo ali,
perdida em meus pensamentos, até pegar no sono. Coisa maravilhosa, ficar
admirando as estrelas, tendo lembranças incríveis da minha vida. Me sinto
completa, em paz, toda vez que paro e olho para cima um pouco, mas não demorei
muito para pegar no sono e sonhar tanto acordada... Me fez dormi mais rápido. Acordei com todo corpo arrepiado, sentindo o frio da neblina, olhei para o céu
e as estrelas já haviam sumido, e o que restou daquela linda noite de admiração
foi perdida. A noite voltou a ser negra, as lembranças que me ajudaram a dormi,
foram esquecidas... E minha vida acabou voltando ao normal, voltei a olhar para
o chão e esquecer de vez o céu estrelado, que por um momento me fez sentir em
paz, aquele céu que sempre me fez sonhar foi completamente esquecido.