0

30 de Dezembro de 2013 And P. Crônicas 529

Depositei
a rosa que havia carregado por cruéis 5 quilômetros, que graças ao sol
escaldante pareceram mais. Depositei essa rosa diante da casa que você
deixara junto com seu passado. Como prometido esperei longos seis meses
até finalmente lhe deixar essa mensagem, a qual você provavelmente ira
desprezar como de praxe, isso se ela chegar aos seus olhos ou aos seus
ouvidos, mas com receio creio que por melhor que tenha escolhido cada
palavra e despejado aqui todos os meus sentimentos e desejos sei que
isso jamais tocara seu coração corrompido.


Leia também
"Feliz...dia...de...São João" ... há 1 hora

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 4


No Vento da Literatura há 2 horas

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 27


Bendito Amor Eterno há 22 horas

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 11


"Vendo" há 1 dia

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 7


"Te amo vinho tinto" há 1 dia

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 9


Gradeados há 1 dia

O céu está logo ali, depois dessa janela enjaulada... Meu amor é qua...
a_j_cardiais Poesias 60