Então é Natal...

01 de Janeiro de 2014 Sodê Freitas Crônicas 554

“Então é Natal, e o que você fez? O ano termina, e nasce
outra vez”.

Uma das nossas culturas praticadas é a celebração da passagem do ano, cujo
intuito é estabelecer a renovação do mundo e o revigoramento dos valores que
agregam a nossa civilização. Semelhantemente, o Natal também incorpora esse
mesmo princípio de renovação ao celebrar o nascimento de uma das figuras
centrais do cristianismo, Jesus Cristo. De fato, em diversas manifestações
natalinas podemos também enxergar a reafirmação desse mesmo valor. Para tanto,
a data nos propicia momentos de muita reflexão e balanços, não só em nossas
ações, mas em nossos corações, principalmente. Hora de desfazermos algum mal entendido, de revermos as nossas atitudes, de esquecermos os infortúnios e de repensarmos tudo aquilo que fizemos, sejam coisas boas ou ruins. Então mãos à obra, pessoas de boa vontade, ainda é tempo, aliás, sempre é tempo de praticarmos o bem, sem escolher a quem. É chegada a hora, portanto, de rever tudo aquilo que deixamos para trás e pesar os prós e os contras. Que façamos bom uso e aproveitemos então, como uma forma de aprendizado a fim de melhorar as nossas atitudes e ações. “Então bom Natal e um ano novo também... Que seja feliz quem souber o que é o bem”.


Leia também
"Livro sem letras" há 1 hora

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 6


Amor há 2 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 6


ESTÁ TÃO ESCURO (poesia infantil) há 4 horas

Está tão escuro Por causa do muro O chão é duro Não bata o nari...
madalao Infantil 6


Amor de Primavera há 18 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 42


CICATRIZES há 23 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 6


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 12