Alô, vida real?

30 de Maio de 2014 Rob Santos Crônicas 561

Não sou um cara avesso à tecnologia. Pelo contrário, uso toda a tecnologia que posso para me divertir, aprender e desbravar o mundo.Mas, uma coisa eu não posso negar, a tecnologia ao ponto que aproxima as pessoas, também tem um perverso efeito reverso. A tecnologia está minando os relacionamentos. Ou pelo menos, fazendo perder a graça e a beleza que tinha antes da onda dos smartphones e programas de mensagem instantânea.Você vai dizer que eles ajudam aos casais que estão distantes um do outro, ou até aqueles que não estão tão distantes assim a matarem a saudade durante o dia intenso de trabalho. Sim, ajudam. Mas, existe uma forma muito melhor de matar a saudade de quem não está tão próximo quanto a gente queria: uma simples ligação telefônica.Não se tem mais a “ligação do boa noite” dos casais apaixonados. As frases ditas ao pé do ouvido deram lugar às imagens com citações de poetas diversos. Perdeu o sabor, a cor, o aroma. Não se ouve mais a voz rouca que quase não sai naquele “bom dia” sussurrado do outro lado da linha. Agora você acorda com minions ou gatinhos envoltos em um cumprimento photoshopado retirado de algum lugar da internet.O som das palavras deu lugar aos toques no teclado do celular, as risadas gostosas deram lugar a repetições da letra “K” ou a um mirrado “rs”, e o “Eu te amo, durma bem” deu lugar a uma frase fria seguida por um emotion qualquer. Tá ok, concordo que esse tipo de mensagem instantânea ajuda os tímidos. Talvez várias confissões não fossem possível sem a distância que os aplicativos permitem. Porém convenhamos, ouvir a voz dizendo o que pensa é bem melhor do que ler palavras frias em uma tela de 9 polegadas. O que prego aqui não é o fim dos programas e da tecnologia. É útil, agrega, ajuda, auxilia e é bem-vindo. Eu legislo aqui é a favor do amor. O amor real, não virtual.


Leia também
Amor de Primavera há menos de 1 hora

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 31


CICATRIZES há 5 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 4


" Amar é" há 16 horas

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 9


PAU DE FITAS há 20 horas

PAU DE FITAS Dançam as raparigas cá em roda D'um mastro d'onde fitas ...
ricardoc Sonetos 8


Falta de Amor ao Próximo há 1 dia

A razão de viver é amar... Mas a maioria das pessoas vive o amor ao din...
a_j_cardiais Poesias 45


Amor a Deus x Amor ao Mundo há 1 dia

Nos dias do autor não havia automóveis como os luxuosos que existem em no...
kuryos Artigos 8