UM SER: PAI

11 de Agosto de 2011 ivanlimasp Crônicas 778

Eu sou pai. Por três vezes na minha juventude senti a sensação maravilhosa de receber no mundo pessoinhas recém chegadas do céu. Que alegria e privilégio ter sob minha guarda almas puras, mentes limpas e corações inocentes. Ao mesmo tempo uma deliciosa responsabilidade ter que preparar cada um do meus garotos para a vida neste lugar. Felizmente cada pai tem o exemplo do Pai maior como inspiração. O exemplo de um amor incondicional, sincero, desinteressado e eterno e é por esse amor que nos ligamos aos filhos, é por esse amor que não importa o que aconteça nunca os abandonamos. Podemos estar longe, encontrá-los pouco, falarmos por telefone, internet ou cartas, o que importa é que eles estão em nosso coração e mente o tempo todo.
O pai é um ser quase divino, tem a oportunidade de participar do maior milagre da criação de Deus, a genética. É o emissário da semente que forma um novo ser. Infelizmente muitos não se dão conta disso e quando isso ocorre, outro milagre acontece, o milagre do coração, porque o pai, no verdadeiro sentido não é o que gera a semente, planta e a abandona, mas o que cuida para que ela germine, floresça, viva e dê bons frutos. Para isso é preciso cultivar com todo cuidado e amor. É ser o jardineiro fiel que através do exemplo, da dedicação e do companheirismo formará pessoas de bom caráter para melhorar o lugar em que vivemos.
Agora em minha maturidade tive o privilégio de, pela quarta vez receber um presente de Deus, desta vez em forma de menina. É a vida que se recicla e sinto que estou tornando-me jovem novamente. A sensação é a mesma de quando cada um dos garotos nasceu. Alegria, ansiedade, amor, um misto de emoções que não dá para descrever. Agora sinto que meu jardim está completo e peço que Deus me dê o privilégio de ver todos os meus filhos sentindo a mesma emoção com a chegada de seus filhos, meus netos.
No próximo domingo é o Dia dos Pais. Mais do que um dia de esperar por presentes, um dia de reflexão e de gratidão pelo(s) presente(s) que já recebemos.
Minha homenagem a todos os verdadeiros pais, os que cultivam o que receberam de presente um dia do nosso Pai maior, seja através da genética, seja através do coração.

www.ivanlimasp.blogspot.com

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Pelo Espírito há 4 horas

Nada do que Jesus cita no Sermão do Monte nos capítulos 5 a 7 do evangelh...
kuryos Acrósticos 4


A Linha da Vida há 6 horas

O futuro é daqui a pouco, mas talvez não possamos vê-lo. A vida é com...
a_j_cardiais Poesias 27


Obedecendo o Vento há 20 horas

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 38


"Verão na Europa" há 23 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 8


"Maria Emília" há 1 dia

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 9


"Sou" há 1 dia

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 10