Fossa

15 de Agosto de 2011 rmessagi Crônicas 1120

Ah, a fossa...

Bom, obviamente, todos vocês sabem que não estou falando daquele belíssimo buraco subterrâneo onde fica acumulada toda aquela... bem, não. Não é disso que estou falando.

Me refiro àquelas horas da vida em que você simplesmente resolve que não há mais por que se manter lutando, em que tudo parece péssimo, que você decide que não há como sair vencedor... Quando só ruminar na lama da sua infelicidade parece uma opção plausível.
Enfim... quando você está na fossa.

A fossa, nada mais é do que dar-se por vencido.
Não há outra maneira de explicá-la, nem forma mais simples. Você começa a acreditar que os seus problemas são insuperáveis e decide que é hora de desistir, choramingar e esperar ajuda.

A parte legal da fossa é que ela é reconfortante.
Você fica ali, aconchegado no cantinho, se sentindo a pior criatura do mundo, tendo plena certeza de que todas as coisas conspiram contra você, tal como todas as pessoas. O objetivo do mundo é fazer com que a sua vida seja a pior possível. E poxa, ele está conseguindo. Então, você começa a aceitar essa situação. Este sentimento de vítima, essa sensação de ser o alvo, começa a se infiltrar no seu ser, no seu corpo, na sua mente, e você veste a camisa. E essa camisa é odiavelmente confortável.
É bom sentir-se o alvo das hostilidades do mundo. Justifica.
"A culpa de nada disso é minha, afinal de contas, o mundo me odeia..."
Lembram daquele sentimento chamado "auto-piedade"? Olha ele aí outra vez...

Corro o risco de me tornar repetitivo, mas vamos lá: a pior parte da auto-piedade, é que ela nunca é compartilhada.
Daí, você vai para o cantinho, se convencendo de que o mundo é responsável pela sua desgraça e esperando que todos vejam como você é uma vítima, como merece piedade.

Pois aqui vai o conselho: não espere piedade.
Piedade é o pior sentimento que as pessoas podem te direcionar.
Você sente piedade de alguém ou algo inferior, incapaz. Alguém que não é digno de merecer o seu respeito.
Piedade é um sentimento que denigre seu alvo.
Se as pessoas sentem piedade de ti, é por que, quando olham para você, veem apenas um derrotado, alguém que não é forte o bastante para continuar lutando.

Você quer mesmo que te considerem um ser inferior? Alguém que precisa de ajuda, que não irá conseguir sozinho?
É isso mesmo que você quer?

Por que é nesse estado que a fossa te coloca. Abaixo dos outros. Atolado até os joelhos em sentimentos ridículos e desnecessários, como auto-piedade e masoquismo, saudosismo desmedido e carência sem limites.
A fossa, suponho, tenha esse nome justamente pela figura que representa: Você, abaixo dos outros, atolado na merda.

Não é muito bonito, é?

Mas vá lá, vamos dar um desconto... Se sentir na fossa, um dia ou dois, eu até entendo. Quem nunca desanimou um dia? É bastante plausível. É aceitável...
Mas a questão é: você vai levantar depois, ou vai ficar esperando que alguém venha sentir pena de você?

Nada disso importa, na realidade.
A questão central, o motivo pelo qual eu resolvi escrever este texto é para te lembrar de um detalhe, um detalhe ínfimo, uma questão que, em princípio, não parece relevante, mas que no fim das contas, carrega todo o peso do que virá depois...
O ponto é que, ficar na fossa, sentir-se um lixo, esperar piedade e sofrer indefinidamente, ou não, é uma opção sua.

Sim, é sim. Ficar "deprê" é uma escolha de vossa senhoria. E uma escolha que só você poderá desfazer.

O que você deve se perguntar é o seguinte: "a minha vida tá uma merda, tudo bem. As coisas vão de mal a pior, nada da certo e o suicídio já parece a solução mais digna. Tudo bem. Mas e aí, ficar deprimido vai mudar alguma coisa?"

Normalmente não muda. Mas ignore a minha opinião. Quem decide é você. A decisão de sair da lama, ou não, é única e exclusivamente sua.

Parafraseando o mote manjado daquele programa maldito que passava naquela emissora tão desnecessária quanto, "é você que escolhe o final."

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Pelo Espírito há 2 horas

Nada do que Jesus cita no Sermão do Monte nos capítulos 5 a 7 do evangelh...
kuryos Acrósticos 4


A Linha da Vida há 5 horas

O futuro é daqui a pouco, mas talvez não possamos vê-lo. A vida é com...
a_j_cardiais Poesias 26


Obedecendo o Vento há 19 horas

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 36


"Verão na Europa" há 21 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 8


"Maria Emília" há 23 horas

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 8


"Sou" há 23 horas

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 10