O amor é um jardim

19 de Junho de 2014 Bittersweet Crônicas 470

— O amor é um jardim, meu bem, um jardim das flores mais belas e perfumadas. Se tu cultivas, terás um jardim de encantar até os olhos mais cegos, mas se tu deixas ao relento sem proteção, ou ao sol à seco, elas irão murchar, perder tua beleza e teu perfume. Morrer. O amor é cheio de rosas belas e espinhos afiados, encantam, te deixam cegos de paixão ardente, mas basta só um descuido, uma mão deslizada para os espinhos, e eles lhe machucam. Sangue à escorrer. Mas, querida, todos tem de saber lidar com tais, afinal, eles andam juntos: Amor e dor; unidos como carne e unha. Se tu queres um jardim belo de perfume incomparável, tem de se machucar com os espinhos de suas flores, e conhecer a dor. 


Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 1 dia

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 13


Principio há 1 dia

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 10


Viandar há 1 dia

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 10


Fluxo do tempo. há 1 dia

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 11


Sou há 1 dia

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 10


Ame...! há 1 dia

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 8