Alerta urgente acerca do Planeta Terra e a vinda d

13 de Março de 2012 Pra Raquel Fragoso Discursos 1556

Alerta urgente a todos os cristãos acerca do Planeta Terra e a vinda de Jesus

"Terra, terra, terra, escuta a palavra do Senhor. Eis o que diz o Senhor:" (Jr 22,29)

Este é o clamor que faço diante de tudo que escrevo, a humanidade precisa despertar do sono profundo e olhar para as profecias bíblicas que estão se cumprindo uma a uma, primeiro Jesus Cristo está para voltar, como Ele mesmo prometeu e segundo o Planeta Terra já não consegue mais suportar o peso de sangue e contaminação que sobre ele está:

"Na casa de meu Pai há muitas moradas. Não fora assim, e eu vos teria dito; pois vou preparar-vos um lugar". "Depois de ir e vos preparar um lugar, voltarei e tomar-vos-ei comigo, para que, onde eu estou, também vós estejais". (Jo 14,2-3)

"Ele enviará seus anjos com estridentes trombetas, e juntarão seus escolhidos dos quatro ventos, duma extremidade do céu à outra". (Mt 24,31)

"Quanto àquele dia e àquela hora, ninguém o sabe, nem mesmo os anjos do céu, mas somente o Pai". (Mt 24,36)

"Vigiai, pois, porque não sabeis a hora em que virá o Senhor". (Mt 24,42)

"1. A respeito da época e do momento, não há necessidade, irmãos, de que vos escrevamos.
2. Pois vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como um ladrão de noite.
3. Quando os homens disserem: Paz e segurança!, então repentinamente lhes sobrevirá a destruição, como as dores à mulher grávida. E não escaparão.
4. Mas vós, irmãos, não estais em trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão.
5. Porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite nem das trevas.
6. Não durmamos, pois, como os demais. Mas vigiemos e sejamos sóbrios.
7. Porque os que dormem, dormem de noite; e os que se embriagam, embriagam-se de noite.
8. Nós, ao contrário, que somos do dia, sejamos sóbrios. Tomemos por couraça a fé e a caridade, e por capacete a esperança da salvação.
9. Porquanto não nos destinou Deus para a ira, mas para alcançar a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo.
10. Ele morreu por nós, a fim de que nós, quer em estado de vigília, quer de sono, vivamos em união com ele." (1Ts 5)

O Planeta Terra já não está mais suportando o peso da iniqüidade que está sobre ela, e assim como fez no passado com cidades e povoados que foram exterminados assim começou a agir hoje, pois rejeita a criminalidade, o sangue, violência, sujeira, corrupção, devassidão, atrocidades e imoralidade que se comete sobre ela:

"A terra está contaminada; punirei suas iniqüidades e a terra vomitará seus habitantes". (Lv 18,25)

"Observareis todas as minhas leis e meus mandamentos e os praticareis, a fim de que não vos vomite a terra aonde vos conduzo para aí habitar". (Lv 20,22)

Os sacerdotes que simbolizam aqueles que tem o conhecimento da palavra se calaram, não denunciam o pecado do povo, muitos comprometeram-se espiritualmente, perderam o zelo pela santidade, e também nem se apercebem que o tempo é chegado:

"Seus sacerdotes violam a minha lei, profanam o meu santuário, tratam indiferentemente o sagrado e o profano e não ensinam a distinguir o que é puro do que é impuro; fecham os olhos para não ver os meus sábados; no meio deles a minha santidade é profanada". (Ez 22,26)

Muitos líderes espirituais perderam a sua motivação, e só buscam seus próprios interesses ao invés da vontade do Senhor, perderam-se pela cobiça, concupiscência dos olhos e da vida, e ainda profetizam enganos para o povo, declarando que nenhum mal lhes sucederá, que a desgraça não os atingira, porque Deus está no meio deles, o que seria uma verdade se o povo estivesse em comunhão com Deus e tivessem vida diante dEle, porém assim como ocorreu no passado, estão no Templo mas perderam a muito tempo a sua comunhão, estão desviados e afundados em pecados ocultos e envolvidos em atos pecaminosos:

"Seus chefes exercem o juízo por gratificação, seus sacerdotes só ensinam mediante salário, seus profetas vaticinam a preço de dinheiro. E ainda ousam apoiar-se no Senhor, dizendo: Não é verdade que o Senhor está no meio de nós? A desgraça não nos atingirá!" (Mq 3,11)

Infelizmente o rebanho do Senhor assim como na época do povo de Israel, está comprometido, contaminou-se com o povo da terra, e enganam-se julgando que só porque estão no Templo serão salvos, porém não se convertem verdadeiramente, mas acomodados seguem enlaçados aos seus pecados de estimação, vícios, práticas ilícitas que dia a dia como grilhões lhes embaraçam espiritualmente:

"Vós, contudo, vos fiais em fórmulas enganadoras que de nada vos servirão". (Jr 7,8)
"Roubais, matais, cometeis adultérios, prestais juramentos falsos; ofereceis incenso a Baal e procurais deuses que vos são desconhecidos;" (Jr 7,9)
"E depois, vindes apresentar-vos diante de mim, nesta casa em que foi invocado meu nome, e exclamais: Estamos salvos! - para, em seguida, recomeçar a cometer todas essas abominações". (Jr 7,10)


Deus espera do seu povo sincera conversão e dedicação a Ele, porque não basta estar ou freqüentar uma igreja para ser salvo, pois fé sem obras é morta, é necessário honrarmos a presença do Senhor em nossas vidas, por isso na época Deus mandou o profeta Jeremias ir para a porta do Templo pregar contra esta atitude hipócrita de julgar-se abençoado só porque tem uma religião, mas que estes tivessem uma vida reta que dignificasse o Nome de Deus e assim poderiam realmente estar diante d’Ele:

"Vai à porta do templo do Senhor; lá pronunciarás este discurso: escutai a palavra do Senhor, vós todos, povos de Judá, que entrais por estas portas para vos prosternar diante dele.
"Eis o que diz o Senhor dos exércitos, o Deus de Israel: reformai vosso procedimento e a maneira de agir, e eu vos deixarei morar neste lugar.
"Não vos fieis em palavras enganadoras, semelhantes a estas: Templo do Senhor, templo do Senhor, aqui está o templo do Senhor.
"Se reformardes vossos costumes e modos de proceder, se verdadeiramente praticardes a justiça;
"se não oprimirdes o estrangeiro, o órfão, a viúva; se não espalhardes neste lugar o sangue inocente e não correrdes, para vossa desgraça, atrás dos deuses alheios, então permitirei que permaneçais neste lugar, nesta terra que dei a vossos pais por todos os séculos". (Jr 7,2-7)

Diante do que vimos percebemos que sem dúvida é tempo de nos posicionarmos com Deus, e todos os sacerdotes humilharem-se diante de Deus clamando a misericórdia pela destruição que está pairando sobre a Terra, e quando me refiro a sacerdotes não falo somente de pastores e ministros, pois desde que Cristo morreu na cruz, o véu do Templo foi rasgado, e todos por Cristo fomos feitos sacerdotes, todos que crêem podem sem exceção chegar á presença de Deus em oração e alcançarem o favor divino, pois Deus não suporta mais ver seus sacerdotes (povo) corrompido:

"Chorem os sacerdotes, servos do Senhor, entre o pórtico e o altar, e digam: Tende piedade de vosso povo, Senhor, não entregueis à ignomínia vossa herança, para que não se torne ela o escárnio dos pagãos! Por que diriam eles: onde está o seu Deus?" (Jl 2,17)

"São profanos o próprio profeta e o sacerdote. Até no meu templo encontro sua perversidade - oráculo do Senhor". (Jr 23,11)

"Entretanto, ninguém poderá acusar (o povo), nem o repreender, mas eu censuro a ti, ó sacerdote.
Tu tropeçarás em pleno dia, assim como o profeta durante a noite. Far-te-ei perecer, porque meu povo se perde por falta de conhecimento; por teres rejeitado a instrução, excluir-te-ei de meu sacerdócio; já que esqueceste a lei de teu Deus, também eu me esquecerei dos teus filhos". (Os 4,4-6)


Se nós os que fomos remidos pelo Senhor nos tornamos nulos em nosso entendimento, sem frutos o que será da terra? Pois Cristo declarou que quando estivesse nos dias de sua volta, o mundo estaria como nos dias de Noé e como nos dias de Ló, o povo totalmente dispersos e dormentes nem se aperceberiam que chegara o dia da vinda, assim como o tempo do juízo de Deus, já que no tempo de Noé somente quando o dilúvio lhes acometeu despertaram-se, mas era tarde demais, e no tempo de Ló somente quando o fogo e enxofre lhes queimaram, lembraram-se de suas vidas:

"Como ocorreu nos dias de Noé, acontecerá do mesmo modo nos dias do Filho do Homem.
Comiam e bebiam, casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Veio o dilúvio e matou a todos.
Também do mesmo modo como aconteceu nos dias de Lot. Os homens festejavam, compravam e vendiam, plantavam e edificavam.
No dia em que Lot saiu de Sodoma, choveu fogo e enxofre do céu, que exterminou todos eles.
Assim será no dia em que se manifestar o Filho do Homem". (Lc 17,27-30)


Avaliemos a situação que imperava no mundo na época de Noé e na época de Ló e percebamos o quanto não somente nos igualamos àquela época, mas estamos em um estado pior e mais crítico, tanto de violência, corrupção, quanto de crimes sexuais que na atualidade já atingem bebês recém nascidos e crianças que são prostituídas e usadas por indústrias da pedofilia:

Tempos de Noé:
Terra cheia de Violência e corrupção

"A terra corrompia-se diante de Deus e enchia-se de violência".
"Deus olhou para a terra e viu que ela estava corrompida: toda a criatura seguia na terra o caminho da corrupção".
"Então Deus disse a Noé: “Eis chegado o fim de toda a criatura diante de mim, pois eles encheram a terra de violência. Vou exterminá-los juntamente com a terra". (Gn 6,12-13)

Tempos de Ló:
Homossexualismo, abusos sexuais, crimes sexuais, imoralidade e perversão sexual.

"Mas, antes que se tivessem deitado, eis que os homens da cidade, os homens de Sodoma, se agruparam em torno da casa, desde os jovens até os velhos, toda a população.
E chamaram Ló: “Onde estão, disseram-lhe, os homens que entraram esta noite em tua casa? Conduze-os a nós para que abusemos deles.
Saiu Ló a ter com eles no limiar da casa, fechou a porta atrás de si e disse-lhes: “Suplico-vos, meus irmãos, não cometais este crime.
Ouvi: tenho duas filhas que são ainda virgens, eu vo-las trarei, e fazei delas o que quiserdes. Mas não façais nada a estes homens, porque se acolheram à sombra do meu teto.
"Eles responderam: “Retira-te daí! – e acrescentaram: Eis um indivíduo que não passa de um estrangeiro no meio de nós e se arvora em juiz! Pois bem, verás como te havemos de tratar pior do que a eles.” E, empurrando Lot com violência, avançaram para quebrar a porta. (Gn 19,4-9)”

Penso, se Deus interviu com juízo no mundo da época diante de tudo o que viu, imagino agora o estado em que seu coração está diante das atrocidades que se tem cometido na terra, não tenho dúvida , sem demora o juízo virá:

"filho do homem, palavra do Senhor à terra de Israel: eis o fim. O fim vem para todos os quatro cantos da terra". (Ez 7,2)


Como demonstrei no princípio os que pertencem a Cristo serão arrebatados, levados por Cristo, como ele prometeu desde o princípio, estes não serão condenados com o mundo, mas livrados:

"Digo-vos que naquela noite dois estarão numa cama: um será tomado e o outro será deixado; duas mulheres estarão moendo juntas: uma será tomada e a outra será deixada.
Dois homens estarão no campo: um será tomado e o outro será deixado.
Perguntaram-lhe os discípulos: Onde será isto, Senhor? Respondeu-lhes: Onde estiver o cadáver, ali se reunirão também as águias". (Lc 17,34-37)

No dia do Grande Rapto ou arrebatamento, onde desaparecerá em massa de toda a terra, milhares e milhares de pessoas, todos os que tem uma vida com o Senhor Jesus, a trombeta tocará e nos encontraremos com Cristo nos ares, primeiro os que morreram em Cristo ressuscitarão e depois nós os vivos, subiremos:

"1. No mais, irmãos, aprendestes de nós a maneira como deveis proceder para agradar a Deus - e já o fazeis. Rogamo-vos, pois, e vos exortamos no Senhor Jesus a que progridais sempre mais.
2. Pois conheceis que preceitos vos demos da parte do Senhor Jesus.
3. Esta é a vontade de Deus: a vossa santificação; que eviteis a impureza;
4. que cada um de vós saiba possuir o seu corpo santa e honestamente,
5. sem se deixar levar pelas paixões desregradas, como os pagãos que não conhecem a Deus;
6. e que ninguém, nesta matéria, oprima nem defraude a seu irmão, porque o Senhor faz justiça de todas estas coisas, como já antes vo-lo temos dito e asseverado.
7. Pois Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade.
8. Por conseguinte, desprezar estes preceitos é desprezar não a um homem, mas a Deus, que nos deu o seu Espírito Santo.
9. A respeito da caridade fraterna, não temos necessidade de vos escrever, porquanto vós mesmos aprendestes de Deus a vos amar uns aos outros.
10. E é o que estais praticando para com todos os irmãos em toda a Macedônia. Mas ainda vos rogamos, irmãos, que vos aperfeiçoeis mais e mais.
11. Procurai viver com serenidade, ocupando-vos das vossas próprias coisas e trabalhando com vossas mãos, como vo-lo temos recomendado.
12. É assim que vivereis honrosamente em presença dos de fora e não sereis pesados a ninguém.
13. Irmãos, não queremos que ignoreis coisa alguma a respeito dos mortos, para que não vos entristeçais, como os outros homens que não têm esperança.
14. Se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, cremos também que Deus levará com Jesus os que nele morreram.
15. Eis o que vos declaramos, conforme a palavra do Senhor: por ocasião da vinda do Senhor, nós que ficamos ainda vivos não precederemos os mortos.
16. Quando for dado o sinal, à voz do arcanjo e ao som da trombeta de Deus, o mesmo Senhor descerá do céu e os que morreram em Cristo ressurgirão primeiro.
17. Depois nós, os vivos, os que estamos ainda na terra, seremos arrebatados juntamente com eles sobre nuvens ao encontro do Senhor nos ares, e assim estaremos para sempre com o Senhor.
18. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras". (1Ts 4)

Portanto estejamos prontos para a vinda do Senhor, todos nós os seus sacerdotes diante das tragédias que tem vindo sobre a terra, posicionemos , como intercessores, clamemos a misericórdia de Deus e o livra mento e conversão de maiores multidões e não pereçamos com o mundo, mas sejamos salvos pelo Senhor, pois esta é a vontade do Pai:

"Revesti-vos de sacos, sacerdotes, e batei no peito! Lamentai-vos, ministros do altar! Vinde, passai a noite vestidos de saco, servos de meu Deus!
Publicai o jejum, convocai a assembléia, reuni os anciãos e toda a população no templo do Senhor, vosso Deus, e clamai ao Senhor: Ai, que dia! O dia do Senhor, com efeito, está próximo, e vem como um furacão desencadeado pelo Todo-poderoso. (Jl 1,13-15)


Sabemos que não será simplesmente porque freqüentamos uma igreja, ou porque declaramos o Nome do Senhor que seremos salvos, mas se realmente fizermos a sua vontade, aceitarmos verdadeiramente o seu Senhorio, direção e Verdade sobre as nossas vidas poderemos fazer parte não somente dos chamados, mas dos escolhidos e como Ele iremos reinar:

"Porque muitos são os chamados, e poucos os escolhidos". (Mt 22,14)

"Nem todo aquele que me diz: Senhor, Senhor, entrará no Reino dos céus, mas sim aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos céus". (Mt 7,21)

"Por que me chamais: Senhor, Senhor... e não fazeis o que digo?" (Lc 6,46)

Pois naquele dia, haverá muitos que chegaram a realizar milagres em Nome de Jesus, curaram, expulsaram demônios e até pregaram a Palavra, todavia não andavam com Deus, nem por ele eram conhecidos, pois não tinham comunhão, mas viviam em pecado e serão rejeitados por Cristo:

“Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não pregamos nós em vosso nome, e não foi em vosso nome que expulsamos os demônios e fizemos muitos milagres? E, no entanto, eu lhes direi: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.(Mt 7,22-23)

Deus como um Pai daqueles que se intitulam seus filhos, quer seu respeito, e daqueles que se intitulam seus servos igualmente:

"O filho respeita seu pai e o servo, seu senhor. Ora, se eu sou Pai, onde estão as honras que me são devidas? E se eu sou o Senhor, onde está o temor que se me deve? - diz o Senhor dos exércitos a vós, sacerdotes, que desprezais o seu nome e dizeis: que desprezo temos tido por teu nome?" (Ml 1,6)


Assim nós os que conhecemos a palavra, devemos estar em vigilância e não ficarmos cegos e fascinados pelo mundo, mas proclamarmos que a profecia está se cumprindo e o fim vem sobre toda a Terra, porém muitos tem se calado, e embaraçados com o mundo não tem visto que Jesus Cristo está vindo e todos os sinais já se cumpriram:

"Meus guardas estão todos cegos e não vêem nada; são cães mudos incapazes de latir, sonham estirados, gostam de cochilar;" (Is 56,10)


Perceba que Jesus havia exposto o ínicio do fim dos tempos, que eram as guerras, revoluções, nação contra nação, reino contra reinos, terremotos, fomes, inquisições, tudo isso era o início das dores na terra e realmente estes episódios a mais de mil anos ocorreram frequentemente na terra, desde que Jesus partiu, porém Cristo revela os últimos sinais, sinais que a geração que assistisse estaria próxima do fim, já seria os últimos dias, e neste instante Cristo fala de tsunamis (barulho do mar, rugido das ondas) que angustiaria e afligiria as nações, pessoas desmaiando de terror diante dos acontecimentos terríveis que ocorreriam no mundo, esta geração que está assistindo a esses últimos sinais é a geração do fim, nós somos esta geração sem dúvida alguma, e como ele declarou as potências dos céus seriam abaladas e como já foi confirmado até por cientistas desde o primeiro tsunami Katherine até o último terremoto no Chile o eixo da terra foi abalado, Jesus Cristo está voltando olhemos mais para o alto, ou seja busquemos mais as coisas de Deus do que as daqui da terra:


9. Quando ouvirdes falar de guerras e de tumultos, não vos assusteis; porque é necessário que isso aconteça primeiro, mas não virá logo o fim.
10. Disse-lhes também: Levantar-se-ão nação contra nação e reino contra reino.
11. Haverá grandes terremotos por várias partes, fomes e pestes, e aparecerão fenômenos espantosos no céu.
12. Mas, antes de tudo isso, vos lançarão as mãos e vos perseguirão, entregando-vos às sinagogas e aos cárceres, levando-vos à presença dos reis e dos governadores, por causa de mim.
13. Isto vos acontecerá para que vos sirva de testemunho.
14. Gravai bem no vosso espírito de não preparar vossa defesa,
15. porque eu vos darei uma palavra cheia de sabedoria, à qual não poderão resistir nem contradizer os vossos adversários.
16. Sereis entregues até por vossos pais, vossos irmãos, vossos parentes e vossos amigos, e matarão muitos de vós.
17. Sereis odiados por todos por causa do meu nome.
18. Entretanto, não se perderá um só cabelo da vossa cabeça.
19. É pela vossa constância que alcançareis a vossa salvação.

25. Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra a aflição e a angústia apoderar-se-ão das nações pelo bramido do mar e das ondas.
26. Os homens definharão de medo, na expectativa dos males que devem sobrevir a toda a terra. As próprias forças dos céus serão abaladas.
27. Então verão o Filho do Homem vir sobre uma nuvem com grande glória e majestade.
28. Quando começarem a acontecer estas coisas, reanimai-vos e levantai as vossas cabeças; porque se aproxima a vossa redenção.
29. Acrescentou ainda esta comparação: Olhai para a figueira e para as demais árvores.
30. Quando elas lançam os brotos, vós julgais que está perto o verão.
31. Assim também, quando virdes que vão sucedendo estas coisas, sabereis que está perto o Reino de Deus.
32. Em verdade vos declaro: não passará esta geração sem que tudo isto se cumpra.
33. Passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão.
34. Velai sobre vós mesmos, para que os vossos corações não se tornem pesados com o excesso do comer, com a embriaguez e com as preocupações da vida; para que aquele dia não vos apanhe de improviso.
35. Como um laço cairá sobre aqueles que habitam a face de toda a terra.
36. Vigiai, pois, em todo o tempo e orai, a fim de que vos torneis dignos de escapar a todos estes males que hão de acontecer, e de vos apresentar de pé diante do Filho do Homem. (Lucas 21)


Palavras duras para muitas pessoas, porém verdadeira, o fim vem sobre a terra, a terra se estala e fende dia após dia, tragédia após tragédias, o mundo já está em descontrole total, como um homem embriagado o planeta terra cambaleia prestes a cair para nunca mais se levantar, e o que pesa tanto sobre a terra é a culpa dos seus habitantes, o sangue derramado, a criminalidade, devassidão, contaminação, os homens quebraram as leis de Deus e estão totalmente alheios a isso, romperam a aliança eterna de Deus com os homens, e acrescentaram pecado sobre pecado em seus atos, imoralidades, corrupção, mentiras e profanações desestabilizam o planeta terra que camabaleia, cambaleia gerando tantas tragédias, desabamentos , tsunamis e terremotos, pois o planeta terra esta prestes a ruir definitivamente, e aqueles que tem entendimento voltam-se para Deus agora clamando a sua graça e justiça, adoram-No e Buscam-no afim de serem salvos do período de grande tribulação que virá sobre a terra, logo depois que ocorrer o arrebatamento:

3. A terra será totalmente devastada, inteiramente pilhada, porque o Senhor assim o decidiu.
4. A terra está na desolação, murcha; o mundo definha e esmorece, e os chefes do povo estão aterrados.
5. A terra foi profanada por seus habitantes, porque transgrediram as leis, violaram as regras e romperam a aliança eterna.
6. Por isso a maldição devora a terra e seus habitantes expiam suas penas; os habitantes da terra são consumidos, um pequeno número de homens sobrevive.
7. O mosto está triste, a vinha, murcha, e os que tinham o coração em alegria suspiram.
8. O som alegre dos tamborins cessou, os risos morreram e o som alegre da cítara calou-se.
9. Não se canta mais bebendo vinho. O licor é amargo ao bebedor.
10. A cidade desordenada está em ruínas, todas as casas fechadas, para que ninguém possa entrar nelas.
11. Gritam nas ruas: Não há mais vinho! Acabada a alegria, o regozijo foi banido da terra.
12. Na cidade só restam escombros e a porta arrombada está em pedaços,
13. pois isso acontece na terra, no meio dos povos, como com as oliveiras que alguém vareja, como com as uvas que, acabada a vindima, alguém rebusca.
14. Eles elevam a voz e cantam, do lado do mar aclamam a majestade do Senhor:
15. Glorificai, pois, ao Senhor, nas regiões da luz, e, nas ilhas do mar, o nome do Senhor, Deus de Israel.
16. Dos confins da terra, ouvimos cantar: Honra ao justo! Eu, porém, disse: Infeliz de mim, infeliz de mim! Ai de mim! Os salteadores saqueiam, os salteadores obstinam-se na pilhagem.
17. O terror, a fossa e a cilada vão apanhar-te, habitante da terra.
18. O que fugir para escapar do terror cairá na fossa, o que se livrar da fossa será preso no laço. Porque as comportas lá do alto abrir-se-ão e os fundamentos da terra serão abalados.
19. A terra é feita em pedaços: estala, fende-se, é sacudida,
20. cambaleia como um homem embriagado e balança como uma rede. Seus crimes pesam sobre ela, e ela cairá para não mais se levantar.
21. Naquele tempo o Senhor, lá do alto, examinará a milícia celeste e os reis do mundo, sobre a terra. (Is 24)


Por isso nós sacerdotes do senhor não devemos nos calar , pois toda a Palavra já está se cumprindo, não podemos fazer como os sacerdotes na antiguidade fizeram, pregavam paz, paz, faziam promessas e promessas de bençãos sobre o povo, mesmo vendo o povo comprometido com o pecado, não os levava ao arrependimento ou confissão, não lhes denunciava o pecado enraizado, nem os hábitos carnais, mas os apoiava em suas devassidões, e por isso cairam junto com o povo, sem poder remi-los , apelo a todos os conhecedores da palavra preguemos a tempo e fora de tempo, os sinais do fim já se cumpriram e o fim vem sobre a terra e cada homem e mulher colherá o fruto das suas próprias ações:

“E curam superficialmente a ferida da filha do meu povo, dizendo: Paz, paz; quando não há paz.
Porventura envergonham-se de cometer abominação? Pelo contrário, de maneira nenhuma se envergonham, nem tampouco sabem que coisa é envergonhar-se; portanto cairão entre os que caem; no tempo em que eu os visitar, tropeçarão, diz o SENHOR.
Assim diz o SENHOR: Ponde-vos nos caminhos, e vede, e perguntai pelas veredas antigas, qual é o bom caminho, e andai por ele; e achareis descanso para as vossas almas; mas eles dizem: Não andaremos nele.
Também pus atalaias sobre vós, dizendo: Estai atentos ao som da trombeta; mas dizem: Não escutaremos.
Portanto ouvi, vós, nações; e informa-te tu, ó congregação, do que se faz entre eles!
Ouve tu, ó terra! Eis que eu trarei mal sobre este povo, o próprio fruto dos seus pensamentos; porque não estão atentos às minhas palavras, e rejeitam a minha lei” Jer. 6:14-19

Se não anunciamos a verdade, e não abrirmos os olhos dos que estão fascinados por este mundo e por tudo o que nele há, continuaremos vendo quedas contínuas , desvios e apostasias tranquilas daqueles que ja conhecem o caminho da verdade, porém por se julgarem imputáveis, se afastam das veredas de Deus, para se aventurarem nos abismos e grotões sombrios desta terra e ainda julgam-se inatingíveis pelo mal , pois pensam quando eu precisar eu me volto para Deus, esquecendo-se do Senhor, apegados a falsas palavras de paz, perdem-se e morrem moribundos sem paz, sem vida eterna, sem Salvação, sem Deus:


Dize-lhes mais: Assim diz o SENHOR: Porventura cairão e não se tornarão a levantar? Desviar-se-ão, e não voltarão?
Por que, pois, se desvia este povo de Jerusalém com uma apostasia tão contínua? Persiste no engano, não quer voltar.
Eu escutei e ouvi; não falam o que é reto, ninguém há que se arrependa da sua maldade, dizendo: Que fiz eu? Cada um se desvia na sua carreira, como um cavalo que arremete com ímpeto na batalha.
Até a cegonha no céu conhece os seus tempos determinados; e a rola, e o grou e a andorinha observam o tempo da sua arribação; mas o meu povo não conhece o juízo do SENHOR.

Portanto darei suas mulheres a outros, e os seus campos a novos possuidores; porque desde o menor até ao maior, cada um deles se dá à avareza; desde o profeta até ao sacerdote, cada um deles usa de falsidade.
E curam a ferida da filha de meu povo levianamente, dizendo: Paz, paz; quando não há paz.
Porventura envergonham-se de cometerem abominação? Não; de maneira nenhuma se envergonham, nem sabem que coisa é envergonhar-se; portanto cairão entre os que caem e tropeçarão no tempo em que eu os visitar, diz o SENHOR.

Espera-se a paz, mas não há bem; o tempo da cura, e eis o terror.” (Jer.8:1-15)

Resumindo os que se dizem ser cristãos, não o devem ser nominalmente, mas espiritualmente e de todo coração, pois viver em pecado é desprezar o sacrifício de Cristo , afastar-se de Deus para viver uma vida de pecados tem consequências, não brinque com o erro, tudo o que Cristo sofreu foi para nos deixar livres do sofrimento vindouro, toda dor que teve em seu corpo foi pela nossa purificação, das coisas básicas não precisamos falar, mas falo da necessidade da volta , do resgate do primeiro amor, pois não há outro sacrifício, Deus já fez a parte dele por você, cumpra a sua parte:

“Pelo que, transpondo os ensinamentos elementares da doutrina de Cristo, procuremos alcançar-lhe a plenitude. Não queremos agora insistir nas noções fundamentais da conversão, da renúncia ao pecado, da fé em Deus,
a doutrina dos vários batismos, da imposição das mãos, da ressurreição dos mortos e do julgamento eterno.
Isto faremos, se Deus o permitir.
Porque aqueles que foram uma vez iluminados saborearam o dom celestial, participaram dos dons do Espírito Santo,
experimentaram a doçura da palavra de Deus e as maravilhas do mundo vindouro e, apesar disso, caíram na apostasia,
é impossível que se renovem outra vez para arrependimento, visto que, da sua parte, crucificaram de novo o Filho de Deus e publicamente o escarneceram.
O terreno que recebe chuvas freqüentes e fornece ao agricultor boas searas, é abençoado por Deus.
O que produz só espinhos e abrolhos, é abandonado, não demora que será amaldiçoado e acabará sendo incendiado.
Embora vos falemos desse modo, caríssimos, temos a melhor idéia a vosso respeito e de vossa salvação.” (Hb 6:1-9)

Portanto falo a todos os cristãos, levem as coisas espirituais a sério, os sinais se cumpriram, somos a geração do final dos tempos, preparemo-nos para nos encontrar com o Senhor Deus, certamente se Sodoma, Gomorra ou a própria terra na época de Noé assistisse as coisas que temos visto em nosssa atualidade, curvadas, humilhariam-se diante do Senhor, clamando a misericórdia , como Nínive só de ouvir a profecia que fora liberada, quanto mais nós que assistimos noite e dia todas essas tragédias, aproximemo-nos mais de Deus e não desprezemos o sangue de Cristo que foi derramado para remissão dos nossos pecados, pois esse é o tempo da graça, podemos hoje sermos salvos dos nossos pecados pela morte de Cristo em nosso lugar:

Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia.
Porque, se pecarmos voluntariamente, depois de termos recebido o conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados,
Mas uma certa expectação horrível de juízo, e ardor de fogo, que há de devorar os adversários.
Quebrantando alguém a lei de Moisés, morre sem misericórdia, só pela palavra de duas ou três testemunhas.
De quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue da aliança com que foi santificado, e fizer agravo ao Espírito da graça?
Porque bem conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu darei a recompensa, diz o Senhor. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo.

Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo. (Heb.10:25-31)


Hoje somos salvos pela graça divina, favor imerecido, crendo em Cristo podemos ser redimidos, transformados em nosso caráter , vida e conduta e tornados imortais, eternos na ocasião do arrebatamento:

34. Despertai, como convém, e não pequeis! Porque alguns vivem na total ignorância de Deus - para vergonha vossa o digo.
35. Mas, dirá alguém, como ressuscitam os mortos? E com que corpo vêm?
36. Insensato! O que semeias não recobra vida, sem antes morrer.
37. E, quando semeias, não semeias o corpo da planta que há de nascer, mas o simples grão, como, por exemplo, de trigo ou de alguma outra planta.
38. Deus, porém, lhe dá o corpo como lhe apraz, e a cada uma das sementes o corpo da planta que lhe é própria.
39. Nem todas as carnes são iguais: uma é a dos homens e outra a dos animais; a das aves difere da dos peixes.
40. Também há corpos celestes e corpos terrestres, mas o brilho dos celestes difere do brilho dos terrestres.
41. Uma é a claridade do sol, outra a claridade da lua e outra a claridade das estrelas; e ainda uma estrela difere da outra na claridade.
42. Assim também é a ressurreição dos mortos. Semeado na corrupção, o corpo ressuscita incorruptível;
43. semeado no desprezo, ressuscita glorioso; semeado na fraqueza, ressuscita vigoroso;
44. semeado corpo animal, ressuscita corpo espiritual. Se há um corpo animal, também há um espiritual.
45. Como está escrito: O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente (Gn 2,7); o segundo Adão é espírito vivificante.
46. Mas não é o espiritual que vem primeiro, e sim o animal; o espiritual vem depois.
47. O primeiro homem, tirado da terra, é terreno; o segundo veio do céu.
48. Qual o homem terreno, tais os homens terrenos; e qual o homem celestial, tais os homens celestiais.
49. Assim como reproduzimos em nós as feições do homem terreno, precisamos reproduzir as feições do homem celestial.
50. O que afirmo, irmãos, é que nem a carne nem o sangue podem participar do Reino de Deus; e que a corrupção não participará da incorruptibilidade.
51. Eis que vos revelo um mistério: nem todos morreremos, mas todos seremos transformados,
52. num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta (porque a trombeta soará). Os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.
53. É necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que este corpo mortal se revista da imortalidade.
54. Quando este corpo corruptível estiver revestido da incorruptibilidade, e quando este corpo mortal estiver revestido da imortalidade, então se cumprirá a palavra da Escritura:
55. A morte foi tragada pela vitória (Is 25,8). Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão (Os 13,14)?
56. Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
57. Graças, porém, sejam dadas a Deus, que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo! (I Cor.15)

Aqueles porém que no momento da separação dos bodes e ovelhas, joio e trigo, bons e maus, permanecerem aqui na terra, no tempo da grande tribulação, estes se quiserem a salvação e vida eterna, terão que dar a própria vida, pois o Anti Cristo vai reinar na terra:

"Assim será no fim do mundo: os anjos virão separar os maus do meio dos justos" (Mt 13,49)

"Todas as nações se reunirão diante dele e ele separará uns dos outros, como o pastor separa as ovelhas dos cabritos". (Mt 25,32)

"Ele me diz, então: Escreve: Bem aventurado os convidados para as Bodas do Cordeiro. Disse-me ainda: Estas são palavras autênticas de Deus". (Ap 19,9)

Todo aquele que se negar a adorar a imagem da besta, vai ser morto, todo aquele que se negar a aceitar a marca do Anti Cristo e concordar com suas blasfêmias será exterminado, assim vejamos, se uma pessoa não consegue ser fiel a Deus hoje no tempo da graça, onde tudo é tão fácil , o que será dela no período de grande tribulação, preparemos nossas vidas para participarmos do ARREBATAMENTO.

"Foi-lhe dado, também, comunicar espírito à imagem da Besta, de modo que essa imagem se pusesse a falar e fizesse com que fosse morto todo aquele que não se prostrasse diante dela".
"Conseguiu que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, tivessem um sinal na mão direita e na fronte,"
"e que ninguém pudesse comprar ou vender, se não fosse marcado com o nome da Fera, ou o número do seu nome". (Ap 13,15-17)

"Um terceiro anjo seguiu-os, dizendo em alta voz: Se alguém adorar a Besta e a sua imagem, e aceitar o seu sinal na fronte ou na mão, há de beber também o vinho da cólera divina, o vinho puro deitado no cálice da sua ira. Será atormentado pelo fogo e pelo enxofre diante dos seus santos anjos e do Cordeiro". (Ap 14,9-10)"

Portanto despertemos, e anunciemos a Verdade, que já está diante dos nossos olhos Cristo breve virá, Deus não tarda a sua promessa, mas ele aguarda que muitos ainda se arrependam , diante de todos os sinais que se tem visto, é hora de despertarmos do sono e nos convertermos verdadeiramente ao Senhor, pois o que há de vir virá e não tardará, este mundo será consumido pelo fogo, não agora, não em 2012, pois Cristo ainda reinará aqui nesta terra por mil anos, mais isso é outro estudo, porém prepare-se agora para o arrebatamento que está as portas, e procure manter-se limpo e sincero diante de Deus “para ser achado digno de estar em pé diante do Filho de Deus” (Luc.21:36)

"1. Caríssimos, esta é a segunda carta que vos escrevo. Tanto numa como noutra, apelo às vossas recordações para despertar em vós uma sã compreensão,
2. e para vos lembrar as predições dos santos profetas, bem como o mandamento de nosso Senhor e Salvador, ensinado por vossos apóstolos.
3. Sabei antes de tudo o seguinte: nos últimos tempos virão escarnecedores cheios de zombaria, que viverão segundo as suas próprias concupiscências.
4. Eles dirão: Onde está a promessa de sua vinda? Desde que nossos pais morreram, tudo continua como desde o princípio do mundo.
5. Esquecem-se propositadamente que desde o princípio existiam os céus e igualmente uma terra que a palavra de Deus fizera surgir do seio das águas, no meio da água,
6. e deste modo o mundo de então perecia afogado na água.
7. Mas os céus e a terra que agora existem são guardados pela mesma palavra divina e reservados para o fogo no dia do juízo e da perdição dos ímpios.
8. Mas há uma coisa, caríssimos, de que não vos deveis esquecer: um dia diante do Senhor é como mil anos, e mil anos como, um dia.
9. O Senhor não retarda o cumprimento de sua promessa, como alguns pensam, mas usa da paciência para convosco. Não quer que alguém pereça; ao contrário, quer que todos se arrependam.
10. Entretanto, virá o dia do Senhor como ladrão. Naquele dia os céus passarão com ruído, os elementos abrasados se dissolverão, e será consumida a terra com todas as obras que ela contém.
11. Uma vez que todas estas coisas se hão de desagregar, considerai qual deve ser a santidade de vossa vida e de vossa piedade,
12. enquanto esperais e apressais o dia de Deus, esse dia em que se hão de dissolver os céus inflamados e se hão de fundir os elementos abrasados!
13. Nós, porém, segundo sua promessa, esperamos novos céus e uma nova terra, nos quais habitará a justiça.
14. Portanto, caríssimos, esperando estas coisas, esforçai-vos em ser por ele achados sem mácula e irrepreensíveis na paz.
15. Reconhecei que a longa paciência de nosso Senhor vos é salutar, como também vosso caríssimo irmão Paulo vos escreveu, segundo o dom de sabedoria que lhe foi dado.
16. É o que ele faz em todas as suas cartas, nas quais fala nestes assuntos. Nelas há algumas passagens difíceis de entender, cujo sentido os espíritos ignorantes ou pouco fortalecidos deturpam, para a sua própria ruína, como o fazem também com as demais Escrituras.
17. Vós, pois, caríssimos, advertidos de antemão, tomai cuidado para que não caiais da vossa firmeza, levados pelo erro destes homens ímpios.
18. Mas crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele a glória agora e eternamente". (2Pd 3)

"Ainda um pouco de tempo - sem dúvida, bem pouco -, e o que há de vir virá e não tardará". (Hb 10,37)
"Meu justo viverá da fé. Porém, se ele desfalecer, meu coração já não se agradará dele (Hab 2,3s)". (Hb 10,38)
"Não somos, absolutamente, de perder o ânimo para nossa ruína; somos de manter a fé, para nossa salvação!" (Hb 10,39)

Raquel Camargo Fragoso
Enviado por Raquel Camargo Fragoso em 17/01/2011
Código do texto: T2735044

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ('Citar a autoria de Raquel Camargo Fragoso e o blog raquelfragoso.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
CIDADE DOS PATOS (cordel infantil) há 21 horas

Vivia na bela cidade dos patos Um velho pato que contava fatos De uma fam...
madalao Infantil 5


"Feliz...dia...de...São João" ... há 1 dia

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 6


No Vento da Literatura há 1 dia

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 38


Bendito Amor Eterno há 2 dias

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 15


"Vendo" há 2 dias

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 10


"Te amo vinho tinto" há 2 dias

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 11