São as coisas pequenas vistas de modo humilde pela gratidão, que marcam para sempre nossas vidas, como se fossem as coisas mais importantes para nós. É por isso, que na dura prova de uma luta de vida e de morte, quando se vence, se dá muito mais importancia para a saude do que para as riquezas, ou quando ficamos privados por muito tempo de uma liberdade, damos tanto valor a natureza e as flores do jardim. A maior riqueza de um homem é ter a possibilidade de sentir felicidade a partir das coisas simples, que por motivos justos, nos colocam em momentos especiais. Viver é mais do que existir, viver é tecer os vestidos coloridos da nossa existencia, de modo que nossa esperança seja sempre revestida com as roupas de nossas sábias ações


Clavio J. Jacinto