O AMOR POR MEIO DA CULPA

19 de Setembro de 2012 ROOSEVELT Ensaios 1104

Um breve ensaio teológico

A relação entre Cristianismo e culpa é tão forte que não temos como entender o plano soterológico sem associá-lo à uma culpa universal e pessoal. A doutrina do Pecado Original, e sua extensão a todas as pessoas, tenham consciência ou não disso, nivelou a humanidade por baixo na sua condição de devedora inata e sem solução, exceto, se buscá-la na agência legítima e fiel representante do sagrado - A Igreja de Cristo; seja na versão romanizada ou na versão anglo-saxonizada (um apêndice da primeira).

Não resta dúvida que a mensagem de Cristo acalma a alma e nos deixa relaxados para trabalharmos no dia seguinte (Max Weber). Contudo precisamos pensar essa mensagem numa perspectiva pragmática. Faz dois mil anos que Cristo veio ao mundo. A Bíblia está em todos os lugares, e em todas as línguas, e em todas as formas; existem Bíblias explicadas, Bíblias translineares, etc., tudo para torná-la mais inteligível, acessível ao leigo. Existem países que grande parte da população confessa ser cristã Protestante ou cristã Católica – são massas religiosas quase hegemônicas, mas, há algo bem curioso e que me angustia quando penso sobre isso: O Cristianismo tem sido, sobretudo ao longo dos séculos, uma ideia e não uma conduta de vida – uma práxis existencial. “Faça o que eu digo, mas, não faça o que eu faço”.

O Cristianismo é uma ideia que possui sua gênese no dogma da culpa de um homem que já nasce devendo ao seu criador, e que terá que pagar por isso. Partindo do conceito de culpa, o Cristianismo se desdobra em uma série de outros conceitos todos voltados para a cristianização – a artificialização do homem para tirá-lo de sua mais real natureza: “O homem a imagem do outro”. A teologia do século XV considerava o homem como um ser criado, um ser perfeito, um ser que veio ao mundo pronto, ou seja, acabado – nada a acrescentar, exceto, a falha de percurso, conhecida por todos como “O Caso de Adão e Eva – os bonequinhos do Paraíso”.

Os teólogos reformistas não tiveram um olhar antropocêntrico, nem tão pouco observaram o vizinho conversando. Pois, se tivessem se preocupado um pouco mais com o animal – homem veriam na linguagem as contradições de seus postulados. A degeneração da raça de matriz adâmica é mito hebraico; o homem vara as eras e ascende em retorno ao seu Criador!

Como todas as espécies criadas por Deus, estamos nós em Evolução. A linguagem humana comprova o progresso das civilizações. De figuras e rabiscos nos paredões e cavernas úmidas, o homem desenvolveu a capacidade de significar e representar seu signo com mais perfeição. Isso comprova que nós tivemos uma evolução filogenética e outra ontogênica. À proporção que o nosso sistema nervoso foi sendo aperfeiçoado, nossa capacidade cognitiva foi ampliada, nossa percepção do mundo e da divindade foi melhorada. Conhecer o bem e o mal não faz mal algum! O conhecimento só incomoda àqueles que se alimentam da ignorância das massas!

Essa doutrina é parte do acervo teológico paulinista. O Paulinismo, uma nova versão do Cristianismo, dito primitivo, ensina que o pecado entrou no mundo por Adão e que sairá ou saíu por Cristo - o novo Adão, que para Paulo, é uma mistura de Deus-Homem-Espírito Santo. Temos aqui, claramente, o amor que se revela na culpa, e que produz o medo (Carta aos Romanos, cap V).

É muito difícil alguém sustentar que a inclinação moral foi herdada geneticamente. É mais difícil ainda aceitar a justiça divina transferindo a culpa de um homem para os seus descendentes que nem sabem de sua existência, ou, se podem de alguma forma, prova-la! O pecado Original, ou a teologia do medo e da culpa atenta contra o princípio da justiça divina e da racionalidade humana! Já dizia o grande codificador Espírita: “Toda religião que atentar contra a razão, desconfie dela”.

A Teologia do medo, também atenta contra o processo de hominização da besta homo sapiens. Isso é fato! É empírico! O sujeito que fala; o homo loquens nos diz de suas sendas pelos campos desse mundo. Ele veio da pedra dura, e após melhora-la, ele desenvolve técnicas fonéticas e fonológicas para materializar no mundo das formas seu pensamento. E isso, meus caros, é Evolução! Deus, então criou um ser-devir.

Oh, como é graciosa sua sabedoria! Como são insondáveis seus pensamentos para nós homens de carne!

Viver sem culpa é o desafio do cristão de qualquer credo! Não tenho débito por vir ao mundo. Meu débito é bem anterior ao mundo das formas; ele tem sua explicação no mundo virginal onde a matéria é tão sutil que podemos considera-la, para efeito de explicação, quase zero – o mundo da energia pura. O Carma causal, eu tomo como uma experiência que o Senhor dos Senhores fez no kairos. A experiência que produz experiência. Viver é experimentar, é aprender, é tentar, é melhorar, pelo menos é muito mais humano que a acese puritana que nos põe em mosteiros sem muros. Mas, para nós da Umbanda, viver é despertar seu Cristo interior!

“Desperta tu que dormes e Cristo te iluminará!” Acorda homem, o Cristo Planetário te convida à seara da Caridade! Pois, sem ela jamais veremos a Deus!

Assim, meus amados irmãos em Cristo, tenho posto a minha angustia sobre a culpa de viver. E entendo que viver é uma experiência abençoada pelo Pai das luzes e que devemos, a cada encarnação fazer o melhor para melhorarmos ainda mais essa espécie escolhida para tão nobre e espetacular experiência divina – VIVER no mundo das formas. Ademais, vos lembro, sobretudo, sois pneumas e nele VIVEIS E VOS MOVEIS. Que Oxalá, nosso Cristo vos abençoe. Paz e Luz!


Casa de Oração Caminho de Luz, Tobias Barreto, Se. Contato [email protected]

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Vem me dominar... há 2 horas

Adoro me sentir dominado por você! Sentir-me teu objeto amado,desejado e ...
anjoeros Poesias 7


Seduza-me... há 3 horas

Vem tirar minha toalha, vem me ensaboar por completo, me seduza,engula,de...
anjoeros Poesias 6


Minha satisfação é a tua satisfação há 3 horas

QUISERA PODER LER TUA MENTE...SABER O QUE POSSO FAZER PARA TE SATISFAZER E ...
anjoeros Poesias 6


Doce invasão... há 3 horas

ME DEIXA INVADIR TUA CASA, TUA VIDA! ME DEIXA SER PARTE DE TI... ME DEIX...
anjoeros Poesias 6


# Muitas coisas sobre o tesão... há 3 horas

Todo mundo usa exaustivamente essa expressão que já virou lugar comum: te...
anjoeros Artigos 7


A ARVORE MALIGNA há 3 horas

Durante muitos anos venho me deparando com problemas nas famílias cri...
claviojj Crônicas 7