Os mil livros de Adão

03 de Junho de 2014 Edson veloso Ensaios 575

(...) Eu fui ao seu encontro e o abracei. Abracei da forma que todos os filhos deveriam abraçar seus pais, eu estava cheio de amor naquele momento, de amor pelo meu pai. - Eu te amo meu filho. Não duvide por um segundo.- Eu também o amo. Joguei os paus e as pedras no chão, estava totalmente desarmado, um alvo fácil pra qualquer inimigo, mas felizmente o inimigo me amava e eu me vi o amando também

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Oração ao Anjo da Guarda… há 1 hora

A fé é algo que aprendemos desde pequenos. Eis a importância de mostrarm...
anjoeros Poesias 5


O Xis da Questão há 2 horas

Não gosto de rimas forçadas. Apesar de que às vezes é preciso, para...
a_j_cardiais Sonetos 16


Seguir em frente... há 2 horas

Seguir em frente. Olhos altivos para seguir adiante. Celebrar as vitória...
anjoeros Poesias 5


Seguir em frente... há 2 horas

Seguir em frente. Olhos altivos para seguir adiante. Celebrar as vitória...
anjoeros Poesias 5


Visão Magmática há 2 horas

Os lobos espreitam escondidos... Como não dou ouvidos, mastigo meus text...
a_j_cardiais Poesias 24


Café da manhã e poema de amor... há 2 horas

Continuo esperando a sua visita à minha página Anjo Eros: Sensualidade e ...
anjoeros Poesias 5