Que acontece todo dia

12 de Agosto de 2011 Fernanda com F Ensaios 1024

Quantas vezes um simples pisar o chão pode-se ser motivo de felicidade?
Ver imensas cidades sendo erguidas por arquitetos que não têm tamanho orgulho quanto a alegria de se estar no aguardo do simples farfalhar das asinhas tortas da borboleta?
Ela é pequena.
Voando e sumindo, como ideias soprando e inspirando-se qual fosse o tempo um grande nariz.
Quanto de amor há em estalar os dedos freneticamente até o cachorrinho vir e lamber, como se fosse esse seu último desejo?
Ele é pesado.
Subir em cima da flor não é de sua vontade. Ela adormece.
Parte o muito do tudo de uma realidade inventada. O simples bater de cílios já não é tão suficiente; o mar já não é tão grande.
Sintonias fluem como musiquinhas de ninar. Chove o que se quer e o que não.
Talvez, durante algum tempo, ainda haja muitas louças para quebrar. Também faz parte. Não por arrepender-se, mas por ter a intenção de fazer do dia, novidade.
‘’Felicidade é só questão de ser’’
O prédio cai.
Mas um menino rega a flor.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
"Livro sem letras" há 1 hora

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 6


Amor há 2 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 6


ESTÁ TÃO ESCURO (poesia infantil) há 4 horas

Está tão escuro Por causa do muro O chão é duro Não bata o nari...
madalao Infantil 6


Amor de Primavera há 18 horas

Morena, quando tu flores, o verbo em ti, primavera, seguirá o caminho do...
a_j_cardiais Poesias 42


CICATRIZES há 23 horas

CICATRIZES Não se vive essa vida impunemente... Todo mundo, mais dia m...
ricardoc Sonetos 6


" Amar é" há 1 dia

Amar e como voar, no mais azul dos céus. É sentir a sensaçao de estar n...
joaodasneves Poesias 12