Cada palavra, cada decepção, cada lágrima... É um corte diferente...