"Desnude a intensidade e veja o real. Que na ausência fiquem as lembranças, e no silêncio o som da voz. Que o surpreender seja espontâneo. Seja raro. Pra sempre existir."