Da frase, quero ser a vírgula,
Do poema, a última rima!
Viver das pequenas coisas,
Que são grandes obras-primas...