Hey, princesa, limpa esse sangue que insiste sair
dos seus pulsos, abaixa a manga da blusa, guarda a lâmina, seca essa
lagrima que insiste descer pelo seu rosto, coloca um dos seus melhores
sorrisos falsos no rosto, porque tem gente vindo