Enganando a loira

02 de Agosto de 2014 professor Humor 401

Piu- Piu

Certo dia um cara que tinha o pinto muito pequeno, estava em uma festa quando viu uma loira deliciosa.

Não se aguentou de desejo e resolveu investir. Aproximou-se e puxou uma conversa.

Tanto fez que conseguiu sair com a loira para um lugar mais privado.

Começou então, e quando o clima começou a esquentar ele disse:

— Deixa, vai? E ela respondia:

— Não, de jeito nenhum.

— Deixa, rapidinho.

— Não! — disse ela, irredutível.

— Vai, deixa, só a cabecinha, só a cabecinha!

— Tá legal. Só a cabecinha, hein?

Como ele tinha o pinto pequeno, não pensou duas vezes e colocou tudo.

Ela adorou a sensação e gritou enlouquecida:

— Ai, que delícia, coloca tudo, vai!

Ele parou tudo e disse:

— Não, trato é trato!



Leia também
Lembra? há 8 horas

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 9


Principio há 8 horas

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 8


Viandar há 8 horas

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 7


Fluxo do tempo. há 8 horas

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 10


Sou há 8 horas

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 8


Ame...! há 8 horas

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 6