Vinha pela estrada uma caravana de motociclistas fortes, bigodudos, em suas poderosas motos,

quando de repente eles veem uma garota a ponto de saltar de uma ponte de um rio.

Eles param e o líder deles, particularmente corpulento e de aspecto rude, salta, se dirige a ela e pergunta:

— Que diabos ,esta mocinha linda que fazer?

— Vou me suicidar. Responde suavemente a delicada garota com a voz cadenciada e ameaçando pular.

O motociclista metidão, aquele que  pega todas ,pensa por alguns segundos e finalmente diz:

— Bom, antes de saltar, por que não me dá um beijo?

Ela acena sim com a cabeça, bota de lado os cabelos compridos encaracolados e dá um beijo longo e apaixonado na boca do motociclista parrudão.

Depois desta intensa experiência, a gangue de motoqueiros aplaude o líder que depois de recuperar o fôlego, alisa a barba e admite:— Este foi o melhor beijo que me deram na vida.

 É um talento que se perderia se  você se suicidasse, lábios de mel!

 Por que queria morrer loirinha linda?

— Meu papi não aceita minha sexualidade  e muito menos  que eu me vista de mulher!