A PESQUISADORA E O MINEIRIM

Uma pesquisadora do IBGE bate à porta de um sitiozim perdido nu interio di Minas.

- Essa terra dá mandioca?

- Não, sinhora. - respondeu o roceiro.

- Dá batata?

- Tamém não, sinhora!

- Dá feijão?

- Nunca deu!

- Arroz?

- Di jeito nenhum!

- Milho?

- Nem brincano!

- Quer dizer, que então não adianta plantar... nada?

- Ah... SI PRANTÁ É DIFERENTE.......UAI !



INDO PARA A PESCARIA...

Us dois minero si incontra nu pondi ônibus im Cocalinho pruma pescaria.

- Intão cumpade, tá animado? pergunta o primero.

- Eu tô, home!

- Ô cumpade, pro mode quê cê tá levano esses dois emborná ?

- É que tô levano uma pingazinha, cumpade.

- Pinga, cumpade?
Nóis num tinha acertado qui num ia bebê mais?!

- Cumpade, é qui pode aparece uma cobra e pica a genti.

Aí nóis disinfeta cum a pinga e toma uns goli qui é pra mode num sinti a dô.

- É... e na otra sacola, o que qui cê tá levano?

- É a cobra, cumpadi. Podi se que lá num tenha ...