Dei uma mordidinha na bunda dela.....e

25 de Agosto de 2014 professor Humor 801

Dois Coroas no Puteiro

Dois coroas, depois de encherem a cara no bar,
decidem ir a uma zona da D.Zilu.
A dona do bordel olha bem para os dois e chama a sua gerente:

— Vá aos dois primeiros quartos e coloque uma boneca de inflar em cada cama.

Esses dois estão tão velhos e bêbados que não vão notar a diferença.
Não vou gastar minhas meninas com esses dois.

A gerente cumpre as ordens e os dois coroas vão para os seus respectivos quartos e "fazem amor ,sexo adoidado"... ..

Descem, ainda meio de fogo , pagam e vão embora .

No caminho de volta para casa, um dos coroas diz:

— Acho que a mulher que estava comigo estava morta!

— Morta?...

Diz o outro. Porque você acha isso?...

— É que ela não se moveu e não falou nada enquanto eu fazia amor com ela.

— Podia ter sido pior, diz o outro.

— Antes transar com uma mulher morta do que transar com uma bruxa...

— Uma bruxa?.

Por que cargas d'água você acha isso?

— Bem, é que eu estava nas preliminares maior delícia,

eu tava fazendo tudo que queria,

dei uma mordidinha de amor , na bunda dela.

Aí ela peidou na minha cara, saiu voando pela janela

e ainda por cima levou a minha dentadura.

hahahaha!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
Lembra? há 2 dias

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 21


Principio há 2 dias

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 13


Viandar há 2 dias

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 11


Fluxo do tempo. há 2 dias

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 14


Sou há 2 dias

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 12


Ame...! há 2 dias

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 11