Duas bichas foram acampar as margens de um rio.

Levaram o dia todo para armar a barraca.

Quando terminaram já era noite e as meninas estavam exaustas. Resolveram, então, ir para a cama. A mais serelepe delas disse:

— Imagine! Com um luxo de céu estrelado desses, você acha mesmo que euzinha vou dormir dentro dessa barraquinha minúscula e sem graça?

A outra, preocupada:

— Mas pode ser perigoso. É melhor ficarmos aqui mesmo.

A corajosa:

— Fui!

Uma ficou na barraca e a outra foi dormir à margem do rio.
Acontece que, durante a noite, veio um jacaré e... comeu a bicha

(gastronomicamente falando).
Na manhã seguinte, a sensata levanta:

— Bom dia sol, bom dias flores, bom dia natureza. E correu para ver a amiga aventureira.

Chegou pertinho do rio e viu o jacaré parado e só a cabeça da bicha para fora da boca do bicho. Olhou, olhou e exclamou:

— Menina, é um escândalo esse seu saco de dormir da Lacoste!