FLAMENGUISTA!
Uma professora de primeiro grau explica à classe que é rubro-negra fanática. Pede às crianças que levantem as mãos, caso também torçam pelo Flamengo.

Todos, na classe, constrangidos pela tia, levantam as mãos, exceto a menor garotinha no fundo da sala. A professora olha com surpresa para a menina e lhe diz:
— Flavinha, por que não levantou a mão?
— Porque não torço para o Flamengo.
A professora, chocada, pergunta-lhe:

— Se não torce para o Flamengo, torce para quem?
— Sou VASCAÍNA, com muito orgulho.

A professora não acreditava no que ouvia.
— Flavinha, que mal fez para torcer para o Vasco, minha filha?
— Minha mãe é vascaína, meu pai é vascaíno, meu irmão é vascaíno e por isso sou vascaína também!

— Isso não é motivo suficiente para torcer pelo Vasco.

Não tem que ser sempre o que seus pais são. Se sua mãe fosse uma idiota, seu pai uma besta quadrada e seu irmão um ladrão, o que seria, então?!
— Seria flamenguista, com toda a certeza!