Grande dom

03 de Setembro de 2013 Rennan Leta Humor 520

Possuidor de muitos amantes
E nenhum sabe disfarçar
Sentimento único tão gritante
Que o impede de falar.

Deixa os sentidos menos aguçados
Desnorteamento instantâneo
Pelos olhos são denunciados
Não age mais por espontâneo.

Pela manhã é muito presente
À tarde, muito pretendido
Mas é quando chega a noite
Que ele realmente é conhecido.

Ele traz o sonhar
E nunca perde uma batalha
Não importa o quanto lutem
No final, todos jogam a toalha.

Com ele nascemos
E ficamos até no abandono
Afinal, todos nós temos
O grande dom de sentir sono!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Lembra? há 1 dia

Quando o tempo nós pertencia dia e noite não existiam? Quando ainda...
enidesantos Poesias 10


Principio há 1 dia

Toda a humanidade repelida da perfeição Privada da perspectiva da ...
enidesantos Poesias 9


Viandar há 1 dia

Viver e caminhar eu gosto de tudo que a vida me da Gosto de viver e ...
enidesantos Poesias 9


Fluxo do tempo. há 1 dia

Boca devoradora do tempo que tudo vai apagando varrendo da vida todo o en...
enidesantos Poesias 10


Sou há 1 dia

o que quero e onde quero Meu palco é a vida Dela faço brotar o pr...
enidesantos Poesias 10


Ame...! há 1 dia

Apenas ame Não se infecte de amor Infecte-se de vida Queira vida D...
enidesantos Poesias 8