"Baseado em uma piada de SMS"

Carminha era aquela típica moça desajeitada, infeliz e feia, e no auge dos seus 25 anos de idade nunca conseguiu arrumar um namorado. A moça então teve a brilhante idéia de pedir auxilio a uma cartomante afim de resolver seu problema.
Depois de por as cartas e fazer todo aquele teatro para convencer a ‘cliente”, a cartomante diz:
— Minha querida, nessa vida que levas tu não serás muito feliz no amor, mas na próxima encarnação serás uma mulher desejada por todos os homens, e todos eles se arrastarão aos seus pés. Carminha saiu de sua consulta com um imenso sorriso estampado no rosto, satisfeita e feliz com o que ouviu, e no caminho de volta pra casa ela atravessa uma ponte, e olhando no topo da mesma ela diz:
— Quanto mais cedo eu morrer, mas cedo começará minha outra vida. – Então Carminha fechou os olhos, abriu um largo sorriso e jogou-se da ponte com os braços abertos. Por ironia do destino, no momento de sua queda, atravessa por baixo da ponte um caminhão abarrotado de bananas, e assim impede a fatalidade.
Com a queda, Carminha perde os sentidos, e ainda tonta ela se recupera, e sem saber onde estava começou a apalpar as bananas ao seu redor, então ela sorri e sussurra:
— Calma gente, um de cada vez, façam fila por favor...