Ê coração que gosta de bater,
Com isso, eu que apanho...
Acelera no peito, bicho estranho...

Ê coração que gosta de amar,
Com isso, ando na contramão...
Acelera no peito, deixa-me na mão...

Ê coração que sofre...

Na verdade sou eu quem sofro...