Atropelaram o Sapo

26 de Agosto de 2014 A.J. Cardiais Infantil 593

Em plena avenida
no centro da cidade
um sapo acha de passear
no meio dos carros
que passam a toda velocidade...
E o que foi que aconteceu?
Atropelaram o sapo
e o sapo morreu!
As pessoas que passam na rua
olham o acontecido,
cospem e insinuam:
xi, atropelaram um sapo!

Os namorados na praça
beijam-se absortos
felizes e feridos
porque alguém atropelou um sapo.
Eu perco o sinal, não atravesso a rua.
O sinal fechado, abre...
Um bêbado que passa, cambaleia e insinua:
cuidado, já atropelaram um sapo!

Então as pessoas se reúnem
e começam a gritar
esperando que as autoridades
uma providência venham tomar
porque...
Atropelaram o sapo.

A.J. Cardiais
13.01.1982

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
"Posso ser o poema" há 3 horas

Barcos que navegam, ao luar, as imensas ondas do mar até as nuvens lá n...
joaodasneves Poesias 4


"Vi em ti" há 10 horas

Em ti eu vi o sol, o mar senti o vento aprendi a viver, soltei o sentime...
joaodasneves Poesias 5


"Tenho" há 11 horas

Tenho amor para dar Paixão para receber Sei perdoar, mas não posso esq...
joaodasneves Poesias 8


"Queria ser o mar" há 11 horas

Queria tanto ser o mar Te abraçar com as minhas ondas Te desejar na arei...
joaodasneves Poesias 6


"Coração chora" há 15 horas

Ouço vento, as trovoadas estão-se a aproximar raios de sol a queimar a m...
joaodasneves Poesias 6


Dor e Reflexão há 1 dia

A dor que nos vem, e que achamos que é do nada, às vezes é do além. ...
a_j_cardiais Poesias 60