MARAVILHA, A ESPERTA BARATINHA.

02 de Novembro de 2017 Reri Barretto Infantil 210

Era uma vez uma baratinha chamada Maravilha, que vivia na casa dos senhores Ezequiel (seu protetor) e dona Celina, que odiava o inseto.
-Ezequiel!!! Pegue o chinelo e venha pegar a barata.
-Deixe Maravilha no cantinho dela!
-Você sabe que odeio baratas.
-Maravilha é diferente.
-Eu tenho medo e nojo.
-Maravilha é comportada.
E assim vivia o casal no dia a dia.
Ezequiel, a bicha está agora no corredor da casa.
-Deixe Maravilha passear...
-Barata traz doença para gente.
-Todos os animais trazem doenças.
Metida a doutora, dona Celina explicava:
-Barata pode causar febre tifoide.
Protegendo a barata Maravilha ele salientava:
-Até um beijo pode causar febre tifoide.
-Barata pode causar conjuntivite.
-O vento também pode.
-Barata pode causar pneumonia e até lepra.
-Eu nunca vi.
-Ezequiel, a barata correu para cozinha!!! Pegue o chinelo e venha pegar a tal da Maravilha.
Para não esquentar a cuca da mulher, Ezequiel pega o chinelo e vai até o inseto devagar deixando o bicho fugir.
-Ezequiel, a barata correu para trás da geladeira.
-Não posso fazer mais nada.
-Ela vai estragar a fiação.
-Vai não. Caso estrague eu chamo o técnico.
Mais tarde a situação reinicia:
-Olhe, Maravilha entrou no seu guarda-roupa e está roendo sua camisa.
Despreocupado Ezequiel salienta:
-Tenho outras.
-É a camisa nova! Roeu quase todas.
-Estou nem aí.
-Esta barata azeda vai receber o troco.
Dias depois, a catsaridafobia ( pessoa que tem medo de barata), trouxe o gato Tatá para acabar com o fogo de Maravilha. Ezequiel confiando em sua barata de estimação não se afobou:
-Tatá, a barata está na cozinha! Vá lá e pegue!
Lento, o animal deixou Maravilha deitar e rolar. Pior: Tatá defecou em todos os compartimentos da residência. O gato estraçalhou o telhado de dona Celina com uma namorada que tinha arranjado.
-Gato não serve para nada! Vá embora! Devolveu Tatá para sua antiga dona.
Com a saída do gato Tatá Maravilha "pintou o sete".
Olhe ela no telhado! Agora está parede! Tá na cozinha!No Quintal!
-Você está alucinada, Celina.
-Vou ficar agora!
Foi no google. Constatou os inimigos naturais das baratas.
-Tenho um ideia.
Encheu a casa de formigas, besouros, escorpiões, aranhas, lagartixas etc.
Não deu certo. Os animais brigavam entre si. Pior: além das brigas, os animais não quiseram sair da casa.
Celina tinha que lutar contra todos.
-Ezequiel!!!Vou dedetizar a casa!!!
E pela primeira vez o marido concordou com a mulher. Antes da confirmação escondeu a barata Maravilha no esgoto da sua casa.
-Pode dedetizar, Celina!
Maravilha criou seu filhotes, e agora velhinha aparece de vez em quando, para cumprimentar seu protetor Ezequiel em sua residência.

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
A rua me aceita como sou há menos de 1 hora

A rua me aceita como sou (Livro Poesias Reflexivas- Antonio Ferreira) N...
pfantonio Poesias 27


Não seja superficial há 1 hora

Não seja superficial (Antonio Ferreira-Livro Poesias Reflexivas) Olhe ...
pfantonio Poesias 35


"Dia do amor" há 4 horas

Amanhã é o dia reservado ao Amor, E a fragrância das flores confunde-s...
joaodasneves Poesias 9


"Estou triste" há 11 horas

A noite se instala em mim. Lá fora, apenas o silêncio da noite e o teu o...
joaodasneves Poesias 13


"Estou cá a matutar" há 12 horas

Esses dias ando meio triste muito confuso, ando a querer isolar-me, f...
joaodasneves Pensamentos 9


A Humildade nos Cai Bem há 17 horas

Se o domínio total é do Senhor, porque o poder pertence a ele, isto dever...
kuryos Artigos 9