Essa espera me mata
Passa o dia,
Os minutos
Os segundos
E cadê você?
É agonizante essa espera
Olho várias vezes a tela
E simplesmente
Você não está lá
Fico fingindo,
Procurando o que fazer
Buscando matar o tempo
Mas nada adianta
E cadê você?
Vê se aparece mais cedo
Vê se lembra de mim
E se apresse a me encontrar.