Capítulo 7 - Assassino (parte 2)

15 de Agosto de 2012 Aydée Mercedes Juvenil 594

"Eu acordo com o cheiro de comida. Eu não comia nada há dias. Minha mente ainda sonolenta demorou a reconhecer onde eu estava, até que me percebi deitada no sofá no qual passara a maior parte da noite.


Espreguiçando-me, vejo Dan na cozinha, abrindo a geladeira e se dirigindo ao fogão. Ele agora veste uma camiseta cor de pele, ainda com a mesma calça jeans. Ajeito o meu cabelo e passo a mão pelo rosto. Eu me sinto melhor, e isso me parece injusto. Eu ainda deveria estar tendo os pesadelos, e acabo de acordar de um sono sem sonhos, calmo como o de uma criança. "

continua: //quimera1.blogspot.com.br/2012/08/capitulo-7-assassino-parte-2.html


Leia também
Sintomático há 2 horas

Divagando pela favela, penso nela olhando a aquarela do sol se pondo. ...
a_j_cardiais Sonetos 25


"Minha humilde casinha" há 2 dias

Tenho na minha casa Quatro cadeiras e um colchão Uma mesa, e roupas pelo...
joaodasneves Poesias 18


Se Poema For Oração há 2 dias

Senhor, este poeta perdido vem Vos fazer um pedido: dai-me Vossa paz. ...
a_j_cardiais Poesias 66


"Bailei com a solidão" há 2 dias

"Bailei com a solidão" A beira do mar espero a Solidão E escuto ja o ...
joaodasneves Acrósticos 15


Perseverar Até o Fim – Parte 1 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 30


Perseverar Até o Fim – Parte 2 há 2 dias

Por Charles H. Spurgeon (1834-1892) Traduzido, Adaptado e Editado por Si...
kuryos Artigos 13