Teclas Pretas Cap.1

10 de Julho de 2011 Joy Juvenil 813

Era tudo tão normal quanto parecia ser, mas só eu sabia a verdade.

-Anne, o Jonh quer falar com você. – disse o meu amigo Lucas.
-Eu já vou lá fora...só estou terminando de copiar.
O Jonh era o veterano que incrivelmente era apaixonado por mim. Desde do primeiro dia de aula ele tentava me tornar namorada dele, mas eu não sou desse tipo. E lá fui eu, pensando em mais uma desculpa para dar para ele. Sabia exatamente o que ele queria...
-Anne! Que bom te ver.- ele disse assim que me viu no corredor.
-Jonh! O que você quer comigo?
-O que eu quero você já sabe...Mas estou aqui mesmo para saber se você vai me acompanhar na festa de hoje. – ele ficou me encarando...por mais que aqueles olhos esverdeados realmente fossem de tirar o fôlego, não gostava dele. Ainda não.
-É, eu sei! Mas o Lucas já me chamou. Desculpa.
-Ah...é...tudo bem, te vejo lá então.
-Até.- ele veio e me deu um beijo no rosto.

Na hora da festa eu liguei para o Lucas e ele estava passando mal. Só me restava ir sozinha...E logo soube que as coisas estavam prestes a mudar!

Do outro lado da calçada dava para vê as luzes e escutar a música alta.

***

Eu só vim para esta festa por causa dela. Eu dizia a mim mesmo, é que ela me fascina. Ela era diferente de todas as outras garotas, aqueles olhos castanhos misteriosos....Aqueles cabelos negros ondulados...Eu não sei como, mas estava apaixonado. Ela me ignorava, não ligava se me arrasto aos seus pés. Eu apenas não sei como, ou por que, mas era ela.
A festa estava um saco (sem ela), os garotos até que tentavam me prender na festa, mas não gostava dessa festas. Sempre tinha bebidas, drogas e no fim a policia aparecia. Por esses motivos nunca dei uma festa na minha casa... E as garotas, viviam no meu pé, pareciam que gostavam de ser usadas, gostavam de ser machucar...Eu não as entendia! Talvez seja por isso que a Anne chamou minha atenção. Desde o 1º ano nunca a vi correndo atrás de ninguém...UAL! Meus pensamentos foram interrompidos pela visão mais encantadora que eu já vi. Parecia que tudo ao meu redor estava em preto e branco e apenas ela brilhava e tinha cor. O meu sorriso foi instantâneo quando a vi. Ela estava tão linda, nunca a vi tão radiante. Com aquele vestido branco com um all star azul. Eu sei que ela nem dava bola pra mim, mas não adiantava, eu gostava dela! Eu tinha todas as garotas do colégio afim de mim, menos uma, ela. Meu coração estava acelerado, mas lembrei a mim mesmo quem era o Jonh: Um veterano, conhecido por ganhar qualquer luta, e essa era uma delas! Foco Jonh, Foco! Eu gritava para mim mesmo enquanto a via se aproximando...Não poderia estar gostando dela, mas terrivelmente estava!

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem permissão do autor.

Leia também
Pelo Espírito há 4 horas

Nada do que Jesus cita no Sermão do Monte nos capítulos 5 a 7 do evangelh...
kuryos Acrósticos 4


A Linha da Vida há 6 horas

O futuro é daqui a pouco, mas talvez não possamos vê-lo. A vida é com...
a_j_cardiais Poesias 27


Obedecendo o Vento há 20 horas

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 38


"Verão na Europa" há 23 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 8


"Maria Emília" há 1 dia

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 9


"Sou" há 1 dia

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 10