Se eu pedir para me deixarem sozinho e todos partirem, ainda assim as palavras me fariam companhia, elas não se calam. Gritão o que eu oculto. Relatam-me os sentimentos que eu tento negar. As pessoas se foram, todas elas, só restaram às lembranças e junto delas as palavras, que não saiam de minha mente, tentavam me ajudar a chegar a uma conclusão. Resultado: Cheguei! O amor só é certo em nós, não o espere de alguém, não o cobre. Apenas o sinta, o demonstre e o que existe em alguém mesmo sendo pouco despertara.