Talvez seja o medo.

18 de Maio de 2014 Nathally Arrighie Juvenil 514

Eu tenho medo e esse medo acaba me afastando das pessoas, da realidade. Eu crio motivos para todos se afastarem de mim. Eu quando conheço alguém já me fecho, já evito. E todos acham bobagem, prometem ficar mas sempre acabam indo. Por isso deixei de acreditar em promessas, por isso deixei de fazer promessas. Tenho medo do abandono, medo do silêncio, medo do escuro, medo da solidão. Por culpa desse medo deixei de acreditar nas pessoas, por culpa desse medo deixei muita coisa de lado. Isso não faz sentido, nada comigo faz sentido. Minha vida não faz sentido. Eu era alegre e sorridente… Hoje simplesmente sou uma garota irônica e depressiva. Eu sou o certo que virou errado. Sou o calor que virou o frio. Sou o claro que ficou escuro. Sou o sorriso que virou lágrima.


Leia também
"Feliz...dia...de...São João" ... há 1 hora

Quem dera ir mais além, cantar mais alto Sobre esse chão salgado onde na...
joaodasneves Poesias 4


No Vento da Literatura há 2 horas

Gosto da poesia quando chega de surpresa... Pode não ter beleza, mas q...
a_j_cardiais Poesias 27


Bendito Amor Eterno há 22 horas

Quando pensamos que Jesus disse que todo aquele que lhe foi dado pelo Pai, ...
kuryos Artigos 11


"Vendo" há 1 dia

Hoje vendo um corpo sem alma, e um extrovertido coração partido, uma ...
joaodasneves Acrósticos 7


"Te amo vinho tinto" há 1 dia

Tu meu querido vinho tinto, és e serás a minha inspiração, Ter o cop...
joaodasneves Poesias 9


Gradeados há 1 dia

O céu está logo ali, depois dessa janela enjaulada... Meu amor é qua...
a_j_cardiais Poesias 60