“Eu achava que estava apenas gostando de você, até tudo isso acontecer, e gosto muito mais do que imaginava, porque depois do seu “tchau” veio àquela vontade de dizer “ei, eu amo você”. Você sempre falava isso para mim, lembra meu bem? Aquilo fazia o meu dia valer a pena. Mas e agora? O que eu faço? Prometi pra mim mesma que não me apaixonaria, mais olhe só estou aqui morrendo de saudades de você.’’