Amores plastificados

06 de Março de 2012 Banda Osrubens Letras de Música 144

Vivemos hoje amores plastificados
Qualquer toque é impossível
E a tensão é infalível
Por um polímero isolados

Não há remédio que traga cura
Qualquer contato é inviável
E o medo é inevitável
Mas a atitude é madura?

Refrão:
Não! E não há como evitar
Amores plastificados
Aonde é que isso vai parar?

Deixe-me tocá-la! Preciso sentir você
E não esse látex
Por que meu corpo arde,
Quase grita pra te ter.

Toque-me! Você tem que me sentir
O que há por trás da Vênus
Tudo – nem mais nem menos
Já não há porque fugir.

Refrão:
Não! E não há como evitar
Amores plastificados
Aonde é que isso vai parar?

Não! E não há como evitar
Amores plastificados
Será que isso vai parar?


Leia também
Obedecendo o Vento há 1 hora

As folhas caem, e eu quero falar sobre isso, sem me preocupar com o feiti...
a_j_cardiais Poesias 25


"Verão na Europa" há 3 horas

Hoje começou o verão Mas todos os dias, são dias de verão O verão na...
joaodasneves Poesias 5


"Maria Emília" há 5 horas

Meu amor Antes de tu nasceres Raramente eu pensava em ti Iria com o pass...
joaodasneves Acrósticos 5


"Sou" há 6 horas

Sou o livro sem palavras Sou a historia por contar Sou o céu sem estre...
joaodasneves Acrósticos 5


"Livro sem letras" há 8 horas

Meus livros já estão sem letras Meu papel sem cor Com a caneta vazia Q...
joaodasneves Poesias 8


Amor há 10 horas

Quando Jesus diz que aquele que o ama é quem guarda os seus mandamentos, o...
kuryos Acrósticos 7