Bem-te-vi de manhã cedo
Faz a festa na minha varanda

Tem coisas que a gente não ver
E nem sabe viver, o mundo todo é tão
Bonito quando a beleza está dentro
De nós.

Vem Bem-te-vi
Vem todo a manhã
Espero-te com a paixão da alma.

A natureza é um mundo de tantas presas
Cachoeira diversos rios
Todo dia há destruição

Eu sou sou a vida
E te convido para ser mais atento

Eu sou o sol
Andorinha que corre do picanço
Eu quero é floresta pra navegar
de árvore em árvores.